E o touro pode se retirar da pista


O dono do touro se irritou.

Ontem o dono da Red Bull, Dietrich Mateschitz afirmou que a equipe poderá se retirar da F1, caso entenda que a categoria esteja sendo gerida de forma errada, irritado com as ultimas decisões políticas, com as novas regras e com a desclassificação do piloto Daniel Ricciardo no GP da Austrália, Mateschitz explicou que “o sensor da federação tem dado valores imprecisos desde o início dos testes de inverno. Podemos provar que estivemos nos limites”, e por isso contestou formalmente a decisão da FIA.

Além da insatisfação com o resultado do GP australiano, o bilionário austríaco também se mostrou insatisfeito com as novas regras adotadas em 2014, e disparou, “a F1 deveria ser novamente o que sempre foi, a categoria-rainha. Considero absurdo que estejamos um segundo mais lentos que no ano passado e que as GP2 estão quase tão rápidas como a F1 com uma fração do orçamento”.

Devemos nos recordar que a FIA hoje não tem nem metade do investimento anual que equipes como Ferrari, Mercedes e a própria Red Bull despejam na F1, e tendo milhões e milhões investidos obviamente o que as times querem é a máxima precisão, e alguns já se perguntam, será que o sensor da federação presta mesmo?

Publicado em março 25, 2014, em F1. Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. Cara, sou profeta do óbvio mesmo: comentei com meu PC que a Red Bull poderia pular fora da F! assim que ela cumprir todos os contratos, como o com o Vettel, que vai até 2016, por causa desta palhaçada. A equipe está mal das pernas e coloca um carro em 2º lugar e a ferrada (que deve estar por trás desta desclassificação) tomou toco novamente. Sacanear quem leva a brincadeira a sério e comprar briga com cachorro grande. Se já tem o limite de 100 Kg de combustível, qual a necessidade dessa merdinha de fluxômetro?
    A F1 tem regulamento demais. Tem que soltar e deixar que cada um faça o seu melhor com menos limitadores.

  2. Porra limitam ate a quantidade de combustivel que os carros usam, cada um devia controlar como queira, isso faz parte da estrategia, e se acabar se lascou… muita frescura, deixem os caras correrem….

  3. É uma morte lenta e gradual, mas o que estamos vendo, ano a ano, é o enterro de um esporte que agoniza.

  4. Tá na hora dos velhacos deixarem a direção da F1 com quem entende do traçado: os ex-pilotos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: