Testes da pré temporada


Fala galera, to de volta, depois de alguns dias de ausência resolvendo os pepinos da vida, acabei deixando a primeira sessão de testes passar batida, e essa segunda com um certo atraso, mas antes tarde do que nunca.

Sem muito blá blá blá vamos lá. Como este início de temporada teremos uma Fórmula Motor, vamos conversar nesses termos.

Mercedes vem com tudo

Inicialmente vamos falar o que todo mundo já notou, o motor Mercedes vem sendo consistentemente o melhor dos três disponíveis do circo, e a equipe da fabricante fechou os dois treinos com a maior quilometragem rodada dentre todo mundo, o que lhes dá uma significante vantagem. A pré temporada tem sido uma correria grande para os times cumprirem suas programações de testes, e com isso entender melhor os novos carros e seus componentes, e nisso os carros equipados com motores alemães tem sido bem sucedidos, Mclaren, Williams e Force India também tiveram um bom aproveitamento de suas unidades motrizes, e com isso deram os primeiros passinhos muito bem.

Nos primeiros dias todo mundo procurou andar o máximo que pode, e os tempos ficaram longe se comparados aos do ano passado, porém no ultimo dia Nico Rosberg botou seu W05 pra andar na pista barenita, cravando 1:33.283, tempo que o deixou no topo da tabela, batendo em 1s a marca do seu companheiro de equipe Lewis Hamilton, segundo mais rápido desta bateria. O fato curioso é que a marca do alemão está apenas 0,9s do tempo da pole do GP do ano passado, marcada por ele mesmo, de 1:32.330, provando que os novos monopostos não são tão lentos quanto se pensava que fossem (alguns vão ser claro), e considerando que ainda estamos na pré temporada os tempos tendem a baixar mais, e os carros a serem mais velozes.

Também trabalhando firme a Mclaren foi a segunda equipe que mais rodou nessas duas baterias de testes, o MP4-29 vem bastante consistente e rápido, tendo sido o mais veloz em Jerez e segundo no Bahrein, o time mostra que acertou a mão no carro e vem muito confiante nesse início de temporada, aproveitando o embalo do bom desempenho do motor. Os outros times equipados com motor Mercedes também vem com boa preparação, a Williams foi com Felipe Massa, a segunda mais rápida em Jerez, e a quarta que mais rodou nas duas baterias, demonstrando que a troca de motor deu resultado, colocando a equipe do Tio Frank de volta a condição de sonhar com pontos, pódios e talvez beliscar uma vitoria, como em 2012. A Force Índia foi outra que teve um bom início de temporada, rodou bem, sendo a quinta que mais andou, não brilhou mas também não fez feio, tem muito a evoluir e tende a dar trabalho pros times grandes em 2014.

Renault em desespero

Felicidade aqui, tristeza ali, o tetracampeão Sabastian Fffffffetel (thanks Mike e GB), está de cabelo em pé e sem dormir, já que seu RB10 da toda poderosa Red Bull parece ter milhoes de problemas que não tem solução nem fim, a equipe dos energéticos foi a que mais teve problemas durante os dois testes da pré temporada, seus pilotos passaram mais tempo nos boxes do que na pista com seus carros, e o motor Renault parece ser o menos confiável de todos, tendo enfrentado dificuldades de desempenho não só com a Red Bull mas com Catherham e Toro Rosso também.

A Red Bull vem enfrentando dificuldades de refrigeração do carro e com isso vem sistematicamente ficando parada nos treinos para reparos, fato que a deixou em nona de onze equipes, no quesito quilometragem rodada, e que certamente pesará durante o inicio de temporada, dando menos confiabilidade ao conjunto. Este fato também pesa para a Toro Rosso, irmã mais nova da Red Bull, que para sua infortúnia passou a usar o mesmo motor nesta temporada, ficando imediatamente a frente dela na quilometragem rodada, porém com uma margem um pouco maior de voltas dadas, mas ainda sim longe do ideal.

Na Catherham a coisa também não anda boa, o japônes Kamui Kobayashi afirmou que o bólido da equipe está mais lento que um GP2, numa clara sinalização que o carro não evoluiu o quanto se esperava, e provavelmente não evoluirá o suficiente até Melbourne. A declaração do nipônico soa como um alarme, já que a equipe, que foi a ultima dos construtores ano passado, corre o risco de ficar fora da regra dos 107%, e assim podendo não correr o GP.

Ferrari correndo por fora

No meio do caminho temos os motores Ferrari, que não estão nem bem, nem ruim. A scuderia italiana foi a terceira que mais andou com seu FIAT, ops… F14T, e seu motor não enfrentou grandes dificuldades como os Renault, fazendo com que a vida de Kimi Raikkonen e Fernando Alonso fosse um pouco mais tranquila, já que nenhum deles afirmou ter dado tudo do carro, e sim cumprindo programações. Suspeita-se que os ferraristas estejam escondendo o o jogo e ainda nao testaram o real potencial do bólido, mas só saberemos isso na Austrália. O que sabemos é que Fernando Alonso foi o segundo piloto que mais andou, atrás apenas de Rosberg e Kimi foi o oitavo, graças a problemas pontuais.  Somados todos estes fatos podemos concluir que a Ferrari tende a ser uma das 3 grandes forças deste início de temporada, junto com Mercedes e Mclaren.

No embalo da Ferrari vem a Sauber, que há muitos anos compra motores e tecnologia italianos, foi a quinta que mais andou, ficando entre Force Índia e Williams, mostrando que os Suíços também tem um bólido consistente neste início de temporada, podendo até sonhar com alguns pódios nesta temporada, já que o ultimo foi em 2012.

A Marussia foi a equipe que menos rodou nestas duas baterias, com alguns atrasos e poucos recursos, o time não teve um bom aproveitamento e também fez tempos bastante altos, o que leva ao fantasma dos 107%, mesmo estando equipados com motor ferrari, os Marussios (essa foi podre),também podem ser desclassificados por não terem um carro veloz o suficiente para competir. A única noticia que chamou atenção para a equipe foi o “salto da gazela” dado por Max Chilton na sessão do Bahrein, o que lhe rendeu uma penca de zoações.

Alguns fatos curiosos sobre a pré temporada

=> A Catherham foi a equipe com motores Renault que mais andou, estando a frente de Red Bull, Lotus e Toro Rosso e todas elas com motor francês só estão a frente da Marussia nesse quesito.

=> Kevin Magnussen tem a chance de ser o primeiro estreante a ganhar e, sua primeira corrida. Já que o carro é bom e ele tem potencial.

=> Felipe Massa vai correr com um motor diferente depois de 193 corridas com motor ferrari.

=> Os únicos dois pilotos brasileiros e a única mulher piloto na categoria estão no mesmo time: Williams

=> A Williams voltou a liderar uma folha de tempos de treino, após 2 anos.

=> A Mercedes tem mais que o dobro de quilometragem do que Renault e quase o dobro da Ferrari.

=> O carro mais rápido de velocidade final foi o FIAT de Alonso, 336km/h.

Pra finalizar vou deixar um link com alguns dados interessantes sobre a pré temporada. Porém estes dados estão furados pois não vi o nome do Hulkenberg ali, e se os dados não foram computados estão errados, mas ainda sim vale a pena ver.

E vcs o que acharam???

Publicado em fevereiro 25, 2014, em F1. Adicione o link aos favoritos. 10 Comentários.

  1. Em teros de desempenho, a Mercedes leva uma boa vantagem, mas também há o fator economia de combustível, e nesse, os germânicos podem ter problemas. Pelos comentários que existem por aí, a Ferrari parece estar em melhor situação nesse aspecto. A conferir

    • Um tremendo chute no pé isso de limitar combustível. Ano passado era economizar pneus. Ou seja, a F1 não anda no limite máximo do que os carros poderiam proporcionar por causa destes regulamentos chinfrim
      .

  2. Eu tb acho que a ferrada deve beber menos, bem lembrado edu.

  3. Acho que no inicio vai ser um festival de motores estourados pra todo mundo, rodadas, patinadas, batidas, ultrapassagens e a bagaça toda, tipo corrida de kart com meus amigos.

  4. A Ferrari deve ter um carro bem nascido, senão o chororó já teria começado, principalmente da parte do Alonso. Ótimo post, Marcin. Agora já estou melhor inteirado sobre o que está por vir.

  5. A Williams vem ai’…e o bicho vai pegar. To levando fe’ no Tio Frank

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: