Conseguiram estragar a nossa alegria


Fala pessoal! Tínhamos a esperança que o GP da Bélgica trouxesse emoções e surpresas, como acontece com alguma frequência em Spa-Francorchamps. Emoção teve sim, com algumas boas disputas, mas ficou nisso. A briga pela vitória não existiu, os pilotos, na maioria, se comportaram bem demais e a chuva prometida não caiu. Para ajudar, o Greenpeace resolveu protestar contra a operação da Shell no ártico. Não foi uma corrida normal nas Ardenas.

Entrega logo a taça para ele!

A vitória de Sebastian Vettel foi o de sempre. bastou fazer uma largada sem sustos e passar Lewis Hamilton na Kermel para ficar na frente até a bandeirada final. Mais um passeio. A 31ª vitória e o tetracampeonato já se avizinha por aí.

Fernando Alonso fez mais uma corrida milagrosa, com uma largada espetacular e com o arrojo de sempre, mas não teve carro para superar o loiríssimo alemão. A frustração era evidente no pódio, pois sabe que mais um campeonato foi para o rival.

O inglês da Mercedes se segurou como pôde e sabia que a pole não representava muita coisa. Conseguiu o terceiro lugar, mesmo com o comboio de Nico Rosberg e Mark Webber, e com isso alçou para a mesma posição do campeonato. Já é muito pelo que faz na Mercedes.

Jenson Button foi um dos nomes da prova. O britânico fez uma ótima corrida com o equipamento limitado e mostrou um bom ritmo, chegando em sexto e colocando a McLaren a frente da Force India no campeonato de construtores.

Felipe Massa teve mais uma corrida complicada, mas conseguiu um resultado razoável. Com uma surpreendente largada ruim e problemas no volante nas primeiras voltas, o brasileiro teve que se virar durante a corrida, mas fez boas disputas e conseguiu pontuar, mesmo contra os prognósticos. Ficou de bom tamanho.

Romain Grosjean se comportou direitinho, sendo mais recatado na largada e arriscou uma parada, mas sofreu com a falta de ritmo da Lotus e salvou quatro pontinhos para a equipe de Einstone. Os últimos pontuáveis foram Adrian Sutil e Daniel Ricciardo.

Sentiu falta de alguém? Sim, Kimi Raikkonen deu adeus a sequência de 27 corridas seguidas nos pontos e praticamente deu adeus às chances de título. O finlandês sofreu com os freios desde o começo da corrida e numa tentativa de passar a Ferrari de Massa, acabou passando reto na Bus Stop indo para a garagem. Fim de semana de ressaca.

Apenas para um piloto, o domingo foi considerado “normal”: Pastor Maldonado voltou a aprontar das suas, na disputa de posição com as Sauber e com a Force India, o venezuelano tentou entrar nos boxes sem olhar para o lado e acertou os dois carros de Vijay Mallya. Pior para Paul di Resta, que ficou pelo caminho. O piloto da Williams ainda tomou um stop and go, que ficou barato.

Se a FIA pegou leve com o bolivariano, com Sergio Perez foi rigorosa demais. Numa disputa com Grosjean, o mexicano não deu espaço para o francês, que precisou vazar a chincane pata não bater. Os comissários mandaram o piloto da McLaren fazer um Drive Through e arruinaram sua chance de pontos.

Uma decisão exagerada ao meu ver, já que na história da Fórmula 1, são vários casos que aconteceram na história e a manobra não foi nada demais. É por essa e outras que este escriba está perdendo o gosto de escrever sobre a categoria.

Bom, vida que segue, pois daqui a duas semanas, a Fórmula 1 chega ao Santuário de Monza, onde os tifosi torcem por mais um milagre do asturiano, mas quem sabe derrotando a turma dos energéticos. Abraço!

Pos. Piloto (Nac./Equipe) Tempo
1º. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) 44 voltas em 1h23min42s196
2º. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) a 16s8
3º. Lewis Hamilton (ING/Mercedes) a 27s7
4º. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) a 29s8
5º. Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) a 33s8
6º. Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) a 40s7
7º. Felipe Massa (BRA/Ferrari) a 53s9
8º. Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) a 55s8
9º. Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) a 1min09s5
10º. Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso-Ferrari) a 1min13s4
11º. Sergio Pérez (MEX/McLaren-Mercedes) a 1min21s9
12º. Jean-Éric Vergne (FRA/Toro Rosso-Ferrari) a 1min26s7
13º. Nico Hulkenberg (ALE/Sauber-Ferrari) a 1min28s2
14º. Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber-Ferrari) a 1min30s3
15º. Valtteri Bottas (FIN/Williams-Renault) a 1min37s3
16º. Giedo van der Garde (HOL/Caterham-Renault) a 1 volta
17º. Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) a 1 volta
18º. Jules Bianchi (FRA/Marussia-Cosworth) a 1 volta
19º. Max Chilton (ING/Marussia-Cosworth) a 2 voltas
Abandonaram:
Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) na volta 26
Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) na volta 25
Charles Pic (FRA/Caterham-Renault) na volta 8
Melhor volta Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) 1:50.756 (volta 40)

P.S. Parece que a novela Red Bull acabou, graças ao spoiler de Mark Webber. Esse será o aforismo paddockiano ao lado. Mais informações aqui.

Publicado em agosto 25, 2013, em Automobilismo, F1 e marcado como , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 15 Comentários.

  1. Campeonato de pilotos

    1 – Sebastian Vettel 197
    2 – Fernando Alonso 151 (+1)
    3 – Lewis Hamilton 139 (+1)
    4 – Kimi Raikkonen 134 (-2)
    5 – Mark Webber 115
    6 – Nico Rosberg 96
    7 – Felipe Massa 67
    8 – Romain Grosjean 53
    9 – Jenson Button 47
    10 – Paul di Resta 36
    11 – Adrian Sutil 25
    12 – Sergio Perez 18
    13 – Jean-Eric Vergne 13
    14 – Daniel Ricciardo 12
    15 – Nico Hulkenberg 7
    16 – Pastor Maldonado 1

    Campeonato de construtores

    1 – Red Bull-Renault 312
    2 – Mercedes 235
    3 – Ferrari 218
    4 – Lotus-Renault 187
    5 – McLaren-Mercedes 65 (+1)
    6 – Force India-Mercedes 61 (-1)
    7 – Toro Rosso Ferrari 25
    8 – Sauber-Ferrari 7
    9 – Williams-Cosworth 1

    +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    Disputa em corridas:

    Vettel 10 X 1 Webber
    Alonso 10 X 1 Massa
    Button 8 X 3 Perez
    Raikkonen 9 X 2 Grosjean
    Rosberg 3 X 8 Hamilton
    Hulkenberg 8 X 3 Gutierrez
    Di Resta 6 X 5 Sutil
    Maldonado 6 X 5 Bottas
    Vergne 5 X 6 Ricciardo
    Pic 9 X 2 Van der Garde
    Bianchi 9 X 2 Chilton

  2. A punição pro Maldanado ficou mesmo barata, e pro Chespirito foi ridícula. Ele pilota como todos deveriam fazer pra essa joça continuar a ter alguma graça, foi apenas uma defesa.
    Opinando sobre o comentário do Trapizomba no post anterior, não, acho que o Vettel não ganharia o campeonato com um carro inferior (corridas sim, como ele já fez na Rubrotaurina B). Nem ele, nem Alonso, Fangio, Prost, Piquet, Fittipaldi, Schumacher, Clark ou Villeneuve. Ninguém nunca foi campeão com um carro sensivelmente inferior, a não ser em 1991. Mas o cara que estava atrás daquele volante não é deste planeta…

  3. Todo ano na corrida de Spa, eu lembro da Alexia Dechamps….😛

    E o campeonato e do Vettel msm, e o Alonso se f….

    So o Webber q nao ganha nada com a red lata

  4. Olha só a cara do Alonso: cara de poucos amigos, e ele deve ser mesmo o cara de poucos amigos, eu acho…

  5. Como seria legal se, por uma obra divina, Vettel guiasse a Ferrada e Malonso guiasse a RBR, o que vcs acham que aconteceria?

    Seria Vettel capaz de sair de 9 e chegar em 2?

  6. Sobre a questão do Alonso, há um ponto bem intrigante, sobre a reação da equipe ao término da corrida. Tem coisa aí…

    http://victormartins.warmup.com.br/2013/08/26/spartacus-3/#.UhuP2NKsh8E

  7. Exclusiva: Kimi na MacLaren. Fontes? Mãe Dinada S.A.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: