Sem violência, sem boicote e sem festa caseira


Fala pessoal! A Fórmula 1 chega à Alemanha com pneus novinhos com a cinta de kevlar e pronta para evitar a carnificina da corrida de semana passada. A GPDA anunciou que se a patifaria acontecer, todo mundo para como em Indianápolis 2005, mas parece que dessa vez, tudo rolará em ordem. E por enquanto com algumas mudanças no grid.

Se der a lógica, a vitória está entre esses três

Pelo menos não foi isso na frente. Lewis Hamilton voou no Q3 mais uma vez e deu para a escuderia da Estugarda mais uma pole position. O inglês igualou a marca de 29 posições de honra, a mesma de Juan Manuel Fangio. A alegria prateada não foi completa por causa da bobagem no Q2 que custou a vaga para Nico Rosberg. Cabe ao Rosbife tentar remar até os pontos, mas as chances de uma vitória caseira foram para o ralo.

Quem pode quebrar o tabu é Sebastian Vettel. O tricampeão mundial ainda não sabe o que é vencer diante de seus conterrâneos e quer acabar com a sina. Viu a pole escapar, mas é o favorito natural dessa corrida. Mas ainda terá a concorrência de Mark Webber, disposto a mostrar serviço para os novos patrões da Porsche e quer voltar a vencer em Nurburgring.

Na sequência, estão as duas Lotus, com Kimi Raikkonen à frente de Romain Grosjean. Para a corrida, a dupla está bem colocada pela estratégia qe planejam, já que não têm o mesmo ritmo dos ponteiros. É uma equipe a se olhar bem. Quem merece  destaque também é Daniel Ricciardo, partindo de sexto, mostrando o serviço para sonhar com a promoção na turma dos energéticos.

Felipe foi uma das estrelas do treino

Só na quarta fila é que aparece a Estaberria de Maranello. E para surpresa de muitos, Felipe Massa colocou-se à frente de Fernando Alonso. Em todos os treinos o brasileiro esteve rápido (muito por precisar do pneu macio para alcançar a fase seguinte da classificação), mas a posição ainda lhe é interessante para a briga por uma boa posição.

Fecharam o top ten dois pilotos que não fizeram tempo no Q3, mas que têm motivos para ficarem satisfeitos. Jenson Button salvou a McLaren de mais um fiasco (Sergio Perez quase rodou no Q1 e parte só de 14º) e larga em nono, com boas chances de pontuar. Ao seu lado, Nico Hulkenberg superou os salários atrasados e a sua ex-equipe, colocando a Sauber num suado décimo lugar. Que falta faz um carro bom para ele.

Incêndio incontrolável na equipe de Grove. E não falo do problema do kers

Falando em carro ruim, vamos ver a situação da Williams. A equipe de Grove, que hoje resolveu comemorar a sua corrida 600, ficou com os seus dois carros fora na primeira parte do treino. De quebra, houve um princípio de incêndio no kers do carro de Pastor Maldonado antes da classificação. Definitivamente a tradicional escuderia do tio Frank se apequenou demais e só anda na frente das nanicas. triste demais.

Bom, é isso. Amanhã a corrida deve ser um jogo de xadrez, onde a melhor estratégia deve levar a melhor. Quem a montou melhor vencerá, quer dizer, isso se os pneus não derem o ar da graça ou se aparecer algum esperto para inventar de burlar as especificações da Pirelli. Abraço!

Pos. Piloto (Nac./Equipe) Tempo Voltas
1º. Lewis Hamilton (ING/Mercedes) 1min29s398 14
2º. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) 1min29s501 14
3º. Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) 1min29s608 14
4º. Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) 1min29s892 15
5º. Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) 1min29s959 16
6º. Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso-Ferrari) 1min30s528 16
7º. Felipe Massa (BRA/Ferrari) 1min31s126 17
8º. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) 1min31s209 15
9º. Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) sem tempo 16
10º. Nico Hulkenberg (ALE/Sauber-Ferrari) sem tempo 13
11º. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) 1min30s326 10
12º. Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) 1min30s697 18
13º. Sergio Pérez (MEX/McLaren-Mercedes) 1min30s933 16
14º. Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber-Ferrari) 1min31s010 17
15º. Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) 1min31s010 15
16º. Jean-Éric Vergne (FRA/Toro Rosso-Ferrari) 1min31s104 12
17º. Valtteri Bottas (FIN/Williams-Renault) 1min31s693 8
18º. Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) 1min31s707 6
19º. Charles Pic (FRA/Caterham-Renault) 1min32s937 8
20º. Jules Bianchi (FRA/Marussia-Cosworth) 1min33s063 9
21º. Giedo van der Garde (HOL/Caterham-Renault) 1min33s734 8
22º. Max Chilton (ING/Marussia-Cosworth) 1min34s098 9

Publicado em julho 6, 2013, em Automobilismo, F1 e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Disputas de classificação:

    Vettel 9 x 0 Webber
    Alonso 6 X 3 Massa
    Button 6 X 3 Perez
    Raikkonen 8 X 1 Grosjean
    Rosberg 3 X 6 Hamilton
    Hulkenberg 9 X 0 Gutierrez
    Di Resta 6 X 3 Sutil
    Maldonado 3 X 6 Bottas
    Vergne 3 X 6 Ricciardo
    Pic 6 X 3 Van der Garde
    Bianchi 8 X 1 Chilton

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: