Um negócio que não é muito da China


Quem acha que o treino foi um porre, ergue a mão!

Fala, pessoal! Vamos combinar que o treino do GP da China foi um dos mais chatos da história. Em todos os treinos, os pilotos só foram para pista nos minutos finais, dando um clima de marasmo para os torcedores nas arquibancadas de Xangai e de quem acompanhava a Fórmula 1 pela TV. Talvez seja a hora da FIA mudar a forma de treino, pois não é a primeira vez que acontece.

Diante da classificação, a Mercedes mostrou que é o carro a ser batido em uma volta. Tirando vantagem das grandes retas, o carro prateado sobrou no pelotão e permitiu para Lewis Hamilton a primeira pole position pela escuderia germânica. Parra a corrida, há dúvidas sobre o tratamento da borracha, mas como foi nesta pista a única vitória da montadora nessa nova fase, com Nico Rosberg. O filho do Keke errou na volta final e larga em quarto, mas parece que a dupla tem boas possibilidades no grid.

Na segunda posição, uma grata surpresa: Kimi Raikkonen achou uma volta excelente e sai numa excelente posição. O finlandês não mostrou grandes coisas nos treinos, mas sabemos que o E21 tem um cuidado melhor com os pneus e isso pode fazer toda a diferença na corrida. Matias passa a ser um candidato a vitória. Até Romain Grosjean aparece bem colocado, na sexta posição, e a Lotus passa a ter boas esperanças de resultados na corrida mandarim.

A Ferrari é outra que vem com um potencial interessante. Fernando Alonso conseguiu pela primeira vez se classificar à frente de Felipe Massa no ano e apagou o “oba-oba” dos últimos dias da mídia tupiniquim. O asturiano parte em terceiro, duas posições à frente do companheiro de equipe. Mesmo assim, os dois estão bem cotados para esta etapa, já que o carro tem um bom ritmo de corrida e vai incomodar na frente.

A quarta fila é a ala da surpresa. Daniel Ricciardo surpreendeu a todos e chegou ao Q3, beneficiado pelas táticas alheias, parte de um excepcional sétimo lugar. Se conseguir manter a pegada, pode ter a confiança necessária para manter-se na Toro Rosso. Jenson Button, que ficou estupefato com a presença do australiano, treinou de pneus médios (ante os macios dos sete primeiros) e conservou a borracha para partir para uma estratégia ousada.

Sebastian Vettel partiu para a mesma tática, mas cometeu um erro que pode ter sido fatal. Saiu da pista e pode ter detonado os pneus, jogando por terra o golpe da turma dos energéticos para tentar algo melhor. Realmente parece não ser o fim de semana deles.

isso por causa do problema de Mark Webber. O australiano parou no meio do Q2 sem combustível, devido a um problema na bomba, levantando suspeitas de uma “sabotagem” depois do “Multi21gate” gerando dúvidas sobre a Red Bull, dignas de tempos anteriores da Estaberria de Maranello. Será que a música abaixo orna tanto para os touros vermelhos como orna para o cavalo rampante?

Brincadeiras à parte, acredito mais em patacoada do que armação. De qualquer modo, Webber ainda pode largar de último, já que pode ser punido pela falta de combustível, questão que aconteceu com Vettel no ano passado. Definitivamente, uma fase nebulosa deles.

Outro piloto a não tentar volta no Q3 foi Nico Hulkenberg, conseguindo operar um milagre com o mal-nascido carro da Sauber. A equipe vai dependendo do esforço apenas dele, já que Esteban Gutierrez segue inoperante e não vai além nos treinos. O mexicano não passou para o Q2 e só ficou na frente das nanicas. Não deixamos de falar aquilo que muitos irão concordar aqui. Saudades do Kobayashi…

o outro mexicano da categoria, Sergio Perez, não vem empolgando também, mas teve uma evolução, mesmo assim parte de 12º e mostra que precisa melhorar para manter o potencial exigido pela McLaren, já que a equipe inglesa tem melhorado aos poucos seu desempenho.

Perez ficou entre os carros da Force India, que não acertaram a volta, mas podem surpreender e brigar pelos pontos, que é a realidade deles. A Williams, por sua vez, segue o seu calvário. Pastor Maldonado segue brigando com o carro e ficando no meio para o fim do pelotão. Já Valteri Bottas sequer passou do Q1 e vai sofrendo com um carro que é uma bomba. Acho que foi uma boa para o Bruno Senna ter saído de Grove, pois acho que estaria na mesma zona de risco.

Bom, é isso, amanhã a guerra de pneus vai determinar o vencedor da corrida e podemos ter algumas surpresas. Se será um negócio da China ficar acordado? Esperamos que sim. Abraço!

1 – Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 1m34s484
2 – Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) – 1m34s761 – a  0s277
3 – Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1m34s788 – a  0s304
4 – Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1m34s861 – a  0s377
5 – Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1m34s933 – a  0s449
6 – Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) – 1m35s364 – a  0s880
7 – Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso-Ferrari) -1m35s998 – a  1s514
8 – Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) – 2m05s673 – a  31s189
9 – Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) – sem tempo
10 – Nico Hulkenberg (ALE/Sauber-Ferrari)- sem tempo

Eliminados no Q2:
11 – Paul di Resta (ING/Force India-Mercedes) – 1m36s287
12 – Sergio Perez (MEX/McLaren-Mercedes) – 1m36s314
13 – Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) – 1m36s405
14 – Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) – 1m36s679
15 – Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) – 1m37s139
16 -Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso-Ferrari) – 1m37s199

Eliminados no Q1:                                   
17 – Valtteri Bottas (FIN/Williams-Renault) – 1m37s769
18 – Esteban Gutierrez (MEX/Sauber-Ferrari) – 1m37s990
19 – Jules Bianchi (FRA/Marussia-Cosworth) – 1m38s780
20 – Max Chilton (ING/Marussia-Cosworth) – 1m39s537
21 – Charles Pic (FRA/Caterham-Renault) – 1m39s614
22 – Giedo van der Garde (HOL/Caterham-Renault) – 1m39s660

Publicado em abril 13, 2013, em Automobilismo, F1 e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. Disputas de classificação:

    Vettel 3 x 0 Webber
    Alonso 1 X 2 Massa
    Button 3 X 0 Perez
    Raikkonen 3 X 0 Grosjean
    Rosberg 0 X 3 Hamilton
    Hulkenberg 3 X 0 Gutierrez
    Di Resta 2 X 1 Sutil
    Maldonado 2 X 1 Bottas
    Vergne 1 X 2 Ricciardo
    Pic 2 X 1 Van der Garde
    Bianchi 3 X 0 Chilton

  2. Kimi vai faturar mais uma amanha, hehe…O Cirilo vai fazer alguma merda.

  3. Euclides Palhafato

    Caramba… a saidinha da pista do Vettel já lhe cagalhou os pneus, mas que boracha de catota de nariz esses pneus tem, por vavor, alguem muda logo isso, e muda tb (Galvão mandou bem uma vez) esse treino bizarro de 3 partes. Quem escolheria largar com um pneu porcaria desse? até parece que largar na frente e só ter umas 4 voltas pra abrir vantagem vale alguma coisa. Ridículo esse imbecil que controla a F1. Galvão até quando acerta lembra das merdas que fala. Vive engrandecendo essa podridão que só complica o que tem q ser simples e as pistas q tinham q ser mais difíceis ele facilita quando manda o seu arqui-animal-de-teto fazer uma nova.

    Outra coisa, demorou muito, já, pra Barrichello pintar na Sauber, pq Williams cagou no pau, nao merece mais nem um sorriso do nosso querido guerreiro Tamoyo, ilustre combatente da sujeira britânica que corrompe a F1, saudoso representante da velha Piratininga na classe de elite do esporte a motor. Vida longa ao Mestre Barrica, o ás das pistas molhadas, Tupã da Formula 1.

  4. Quer dizer entao que o Webber ficou sem o minimo de gasoline apos os treinos.

    Ora bolas, RBR vai tomar no cu’. Se tem uma coisa que eu nao acredito e’ em coincidencias…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: