Sim, ele venceu!


É verdade!

(Atualizado em 17/12, às 19:10)

Pois, é pessoal, hoje foi um dia de grandes acontecimentos na escala esportiva. Mas aqui por ser um blog de automobilismo, vamos destacar o feito do dia, que ocorreu em Bangcoc, na Tailândia. A edição desse ano da Corrida dos Campeões (Race of Champions, ou RoC, como queiram) teve pela primeira vez um piloto da Fórmula 1 como campeão. Mas para espanto geral de todos, o cara a quebrar a sina foi o senhor Romain Grosjean. Sim, foi ele mesmo!

E ganhou com propriedade. Na primeira fase passou em segundo lugar na sua chave, ficando atrás do veterano, até mesmo do evento, Michael Schumacher, deixando para trás o campeão da Indy, Ryan Hunter-Reay e o japonês Kasuya Oshima, da Super GT nipônica.

Dupla alemã conquistou o hexa nas equipes, mas sucumbiu ao franco-suíço no individual

Nas quartas de final, ninguém apostaria muito nele, contra Sebastian Vettel. A dupla teutônica estava sobrando e levou com o pé nas costas o campeonato de equipes, em cima da dupla francesa formada pelo Groselha e pelo piloto de rali Sebastian Ogier, que defendia o título individual neste ano. E a tendência era que o troféu ficasse entre os alemães.

Mas aí o franco-suíço fez algo que Fernando Alonso tentou na temporada de Fórmula 1 e falhou: Desestabilizar Vettel. O piloto da Lotus fez a primeira volta mais rápido e no desespero, o tricampeão bateu nas barreiras de isopor e viu o sonho da conquista inédita ruir.

Na semifinal, o Groselha não se intimidou com o heptacampeão, que não havia perdido uma bateria até então e deixou o Queixudo com cara de tacho, indo para final e tirando os germânicos da parada.

O adversário era Tom Kristensen, oito vezes vencedor de Le Mans, que já foi fiscal de GP na F1 (será que ele participou de alguma punição ao Grosjean? se alguém pesquisar agradeço) e que foi soberano até a final, despachando Ogier e o bon-vivant David Coulthard e buscava o primeiro título, depois de três vices.

Mas o Groselha não deu chances na decisão, Na melhor de três, venceu os dois primeiros e pôde comemorar essa vitória, Já o dinamarquês acumula o quarto vice. Vai virar motivo de piada, se nos próximos anos não emplacar uma, até porque  talento não falta.

Voltando ao vencedor, essa foi a primeira vez que um piloto que está disputando uma temporada de F1 foi vencedor do RoC. Entre pilotos com passagem na F1, apenas Heikki Kovalainen, em 2004, conseguiu vencer, mas isso bem antes dele chegar lá. Então foi um feito histórico, algo que não está no currículo, nem de Schumacher, nem de Vettel, nem de nenhum outro piloto que passou ou que corre atualmente na categoria, exceto o Kova.

Lembrem da primeira foto, não dessa aqui, OK?

E essa conquista vem em grande momento para a autoestima do Groselha. OK, é uma corrida que não tem nenhum valor técnico, mas dá aquela injeção de ânimo, ainda mais depois de um ano cheio de problemas que teve. Sendo que ainda há a vaga na Lotus sendo discutida e o risco de desemprego é real. Certamente, o resultado de hoje não vai influenciar em nada, mas como a equipe inglesa conseguiu alguns acordos de patrocinadores e terá dinheiro em caixa, sem a necessidade de ter um piloto pagante, a maré está a favor de Romain.

Bom, é isso, fiquem com a final da Corrida dos Campeões. E saudações corintianas a todos! (não podia deixar passar😉 ) Abraço!

ATUALIZAÇÃO: E parece que o fim de ano do Grosjean não poderia ficar melhor. A Lotus confirmou hoje a renovação de seu contrato e ele continuará em Einstone por mais um ano. Que agora, capriche mais nas largadas e evite o pânico nos outros 21 pilotos que alinharem em 2013.

P.S. Também hoje saiu uma carta aberta de Kamui Kobayashi, anunciando que não correrá em 2013 por não ter condições financeiras de assumir um assento na F1. Uma pena. Quem sabe se algum afortunado ganhar na loteria e achar uma vaguinha em cima da hora… Mas o jeito é torcer para 2014

Publicado em dezembro 16, 2012, em Automobilismo, F1 e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 5 Comentários.

  1. O do Groselha ou o do Curíntia??????

  2. Sobre o Koba-san: inacreditável, mas o melhor piloto asiático de todos os tempos está sem vaga para o ano que vem.
    O mundo é injusto. A F-1 é pior.

  3. Até onde eu sei, dinheiro não pilota. Triste. Alguma coisa vai mudar radicalmente neste mundo e creio que nossa geração vai presenciar. A revolução virá de onde menos se espera e os aparentes vilões de hoje serão os herois de um amanhã bem mais próximo do que se imagina…

  4. Corinthians ganhando o Mundial, Groselha ganhando taça, Koba-mito a pé…
    Tá, pode vir, dia 21/12!!!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: