“Deixar a Ferrari foi um alívio”, admite Kimi Raikkonen – Tazio


“ufa”

“Nem boas nem ruins. Ganhei um título com eles e vivi bons momentos. Estou satisfeito com os três anos que fiquei por lá. Não sinto saudades de ninguém e, para mim, sair de lá foi um alívio”, admitiu Raikkonen, em entrevista ao jornal espanhol “Marca”.

“Deixar a Ferrari foi um alívio”, admite Kimi Raikkonen – Tazio.

Publicado em novembro 9, 2012, em Automobilismo, F1, Pilotos Celebres e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. Nós entendemos o cachaça. Qdo o Barrica saiu, foi um alívio. Qdo o caneloni vazar, será o fim de uma era em q os brasileiros foram humilhados lá. Não é atoa q o Airton Senna, qdo convidado para correr na estaberria disse: ainda não é o momento. Quis Deus q este tempo nunca tenha chegado. Não espero ver, nunca mais, qq brasileiro defendendo as cores de Maranello. Detesto FIAT por causa da Ferrari. Se ganhar um, vacilo; comprar, jamais.

    • Ei Sydnei, eu também detesto fiat, nem tanto pela ferrari, rsrsrs mas concordo com você, a italianada se acha! eheh Veja só: minha birra com fiat é que dos três que tive, um teve começo de incêndio e o outro que peguei para receber uma dívida se incendiou 15 dias depois, quase carbonizando meus progenitores que eram idosos e tinha dificuldade de locomoção, um baita susto! Marca porca miséria, ehehee abrá!

    • Tb n gosto de fiat, tenho um santanao e dou moo valor nos carros da volks.

      E falando em ferrada, o nelsão disse a mesma coisa qdo falou da ferrada, falo q nao ia pra la pq qq um q entre lá será diminuido a um mero funcionario, que tem q cumprir ordens dos velhinhos.

      A ferrari quer ser maior que o esporte, e maior que as pessoas.

    • Mas se o Senna fosse para a Ferrada é bem provável que a Estrebaria o respeitasse e o “endeusasse” (assim como fizeram com o Queixada) e ele estaria vivo. Senna não foi porque achava que a Williams era o carro “de outro mundo”, tio Frank é um Patinhas, fizeram um remendo “fodido” na barra de direção, e o resto da história você já sabe… Qual maior falta de respeito que essa? Tiraram a vida do Airton…

      O Caneloni até que foi respeitado no início, gostavam mais dele do que do Kimi. Porém, agora, o talento do El Bracito e a grana do Santander falaram mais alto. E lembre-se que o Massaroca tá lá porque quer. Agora só nos resta torcer por um bom contrato para o Razia e o Nars.

      • Euclides Palhafato (Perro de Cofap)

        A Williams era a super-super, ne? Só que esperaram o Senna chegar pra cortar tudo o que tinha de super. Aí quando o Rubinho soltou aquilo do “mais um brasileirinho”, enfatizam o complexo vira-lata, como se esse sentimento transcendesse a realidade notória dos fatos.

  2. Euclides Palhafato (Perro de Cofap)

    Quando eu disse que a Ferrari era uma super equipe controlada por mega-idiotas, eu não estava sozinho nesse pensamento. Nem a clássica vitória por dupla os cretinos conseguem mais. É muita incompetência. Devem recrutar o pessoal da equipe entre os fãs, e ainda cobrar a inscrição para o processo seletivo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: