A asa negra do cavalo vermelho


O canguru está no páreo

Sem a chuva prometida (para variar), o GP da Inglaterra teve oscilações. Teve um começo alucinante, mas decaiu ao longo da prova, só voltando a ficar animado no finalzinho. A Ferrari acertou a mão nos ajustes do carro e mostra que não é só o talento de Fernando Alonso que faz a diferença. No entanto, a Red Bull voltou à velha forma e na estratégia, superou a Estaberria de Maranello e já demonstra que essa pode ser a briga pelo campeonato.

E o cara a conduzir esta briga, acreditem ou não, é Mark Webber. O canguru aproveitou os bons ares ingleses, onde conseguiu grandes resultados em anos anteriores e esperou  o momento certo para dar o bote. A diferença do tipo de pneus foi fundamental, até porque ninguém sabia como os compostos iriam se comportar já que a chuva não permitiu o uso deles. Alonso arriscou ir por um caminho diferente e parecia que ia dar certo.

O espanhol disparou na frente, mas com o último set, viu Webber chegar e passar à cinco voltas do fim. O espanhol deixou os macios para o fim, sendo que em nenhum momento a borracha resolveu a parada.Para 0 canguru, a vitória vem em grande momento, pois fica 13 pontos atrás do asturiano e coloca mais dez em cima de Sebastian Vettel. O desenho desta temporada começa a ficar muito parecido com o de 2010.

Mr. Bean sintetizou bem a metade da corrida

Vettel vai ter que remar. Até tinha ritmo melhor que Alonso no fim, mas a posição dele não na largada não ajudou, além de ainda ficar preso no pelotão no começo da prova e só conseguiu ganhar as posições por antecipar a parada.

Um dos membros desse grupo era Felipe Massa. O brasileiro fez a sua melhor corrida no ano. Pulou em quarto e brigou com Michael Schumacher para passar o heptacampeão, mas foi superado pela estratégia de Vettel. Mesmo assim, o quarto lugar é o melhor resultado dele desde o GP da Coreia de 2010, quando foi o terceiro colocado. Quem sabe este resultado não seja o começo da reação do Felipe e a retomada de sua carreira?

Depois vieram as duas Lotus. Kimi Raikkonen foi burocrático, não fez muito carnaval para chegar onde chegou. Já Romain Grosjean mostrou mais agressividade e foi bem oportuno na troca de pneus para subir no grid. Mais alguns pontos para a equipe preta e dourada, mas aquela sensação que nunca chega na hora H para disputar a vitória, apesar de todo mundo acreditar que esta vitória não tardaria.

Quem já venceu mas perdeu a mão foi a Mercedes. não teve um bom rendimento na corrida e seus dois pilotos ficaram a mercê de um carro que só andava bem na reta mas que não tinha estabilidade, apesar disso, Michael Schumacher demonstra que está em melhor fase que Nico Rosberg. O heptacampeão somou os pontos da equipe nesta etapa e tem sido mais consistente. Parece que a idade não tem pesado tanto mais.

Quem tem usado motor Mercedes não vem em boa fase, mas a McLaren abusa da situação A equipe de Working caiu de vez. Lewis Hamilton não conseguiu sair do oitavo posto. Até tentou adiar ao máximo a troca de pneus e chegou a liderar e protagonizar uma boa disputa com Alonso, mas não conseguiu segurar. Jenson Button ainda somou um pontinho, mas ambos os pilotos sabem que estão cada vez mais longe da ponta e definitivamente não era o resultado esperado pelos mais de cem mil  ingleses que foram a Silverstone.

Koba-san fez strike nos boxes

Entre os dois carros prateados ficou Bruno Senna. Fez uma boa corrida, largou bem, sempre se manteve na faixa dos pontuáveis e desenhou a manobra da ultrapassagem em cima de Nico Hulkenberg e conseguiu nas voltas finais, o alemão tentou dar o troco, mas acabou saindo da pista e da briga pelos pontos.

Alguns desastres desta prova: Primeiro a Caterham, que teve Vitaly Petrov fora da prova depois que o motor entregou o ponto antes da largada.deixando o russo fora de ação. Kamui Kobayashi teve um momento de kamikaze quando derrubou quatro mecânicos da sua equipe nos boxes. Outra para a conta do japa.

Mas o pior foi Pastor Maldonado. O venezuelano aprontou outra! Andou em sexto e ficou assim até parar nos boxes. Voltou pressionado por Sergio Perez. Na freada da reta Wellington, o piloto da Williams simplesmente atingiu a Sauber do venezuelano e botou o mexicano para fora. Maldonado acabou em 16º, mas pode levar alguma punição. A FIA tá de olho no súdito do Hugo Chavez.

Próxima corrida será na Alemanha, no remendo de Hockenheim. Será a primeira vez lá depois do escândalo das ordens de equipe da Ferrari. A temporada começa a afunilar e a chance de uma boa prova lá com os pneus de geleia da Pirelli é plausível. Vocês confirmam que entenderam a mensagem? Abraço!

1- Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) – 52 voltas em 1h25m11s288
2- Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – a 3s060
3 – Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) – a 4s836
4 – Felipe Massa (BRA/Ferrari) – a 9s519
5 – Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) – a 10s314
6 – Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) – a 17s101
7 – Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – a 29s153
8 – Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) – a 36s400
9 – Bruno Senna (BRA/Williams-Renault) – a 43s300
10 – Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) – a 44s400
11 – Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) – a 45s300
12 – Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) – a 47s800
13 – Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso-Ferrari) – a 51s200
14 – Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso-Ferrari) – a 53s300
15 – Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – a 57s300
16 – Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) – a uma volta
17 – Heikki Kovalainen (FIN/Caterham-Renault) – a uma volta
18 – Timo Glock (ALE/Marussia-Cosworth) – a uma volta
19 – Charles Pic (FRA/Marussia-Cosworth) – a uma volta
20 – Pedro de la Rosa (ESP/HRT-Cosworth) – a duas voltas
21 – Narain Karthikeyan (IND/HRT-Cosworth)- a duas voltas

Não completaram:
22 – Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari) – na volta 14
23 – Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) – na volta 3
24 – Vitaly Petrov (RUS/Caterham-Renault) – não largou

Melhor volta: Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) 1:34.661

Publicado em julho 8, 2012, em Automobilismo, F1 e marcado como , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 19 Comentários.

  1. Eduardo Casola Filho

    Campeonato de pilotos

    1. Fernando Alonso 129
    2. Mark Webber 116
    3. Sebastian Vettel 100 (+1)
    4. Lewis Hamilton 92 (-1)
    5. Kimi Raikkonen 83 (+1)
    6. Nico Rosberg 75 (-1)
    7. Romain Grosjean 61
    8. Jenson Button 50
    9. Sergio Pérez 39
    10. Pastor Maldonado 29
    11. Paul di Resta 21
    12. Michael Schumacher 23 (+1)
    13. Felipe Massa 23 (+3)
    14. Kamui Kobayashi 19 (-2)
    15. Bruno Senna 18
    16. Nico Hulkenberg 17 (-2)
    17. Jean-Eric Vergne 4 (-1)
    18. Daniel Ricciardo 2 (-1)

    ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    Campeonato de Construtores

    1. Red Bull Renault 216
    2. Ferrari 152 (+2)
    3. Lotus Renault 144
    4. McLaren Mercedes 142 (-2)
    5. Mercedes 96
    6. Sauber Ferrari 60
    7. Williams Renault 47
    8. Force India Mercedes 44
    9. Toro Rosso Ferrari 6

    Disputas em Corrida

    Vettel 4 X 5 Webber
    Button 3 X 6 Hamilton
    Alonso 9 X 0 Massa
    Schumacher 3 X 6 Rosberg
    Raikkonen 7 X 2 Grosjean
    Di Resta 6 X 3 Hulkenberg
    Kobayashi 4 X 5 Perez
    Ricciardo 3 X 6 Vergne
    Maldonado 3 X 6 Senna
    Kovaleinen 5 X 4 Petrov
    De la Rosa 6 X 2 Karthikeyan
    Glock 7 X 2 Pic

  2. Eduardo Casola Filho

    Fórmula Indy

    Em Toronto, corrida com final confuso e Ryan Hunter-Reay ganhou a terceira seguida assumindo a liderança do certame, diante dos problemas de seus oponentes, especialmente do cavalo paraguaio do Will Power. O s brazucas sobreviveram como puderam.

    1º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Chevrolet), 85 voltas
    2º. Charlie Kimball (EUA/Chip Ganassi-Honda), a 0s0757
    3º. Mike Conway (ING/A. J. Foyt-Honda), a 0s2848
    4º. Tony Kanaan (BRA/KV-Chevrolet), a 1s6672
    5º. Oriol Servià (ESP/DRR Panther-Chevrolet), a 1s9128
    6º. Hélio Castroneves (BRA/Penske-Chevrolet), a 2s4795
    7º. J. R. Hildebrand (EUA/Panther-Chevrolet), a 2s6233
    8º. James Jakes (ING/Dale Coyne-Honda), a 3s7294
    9º. Takuma Sato (JAP/Rahal Letterman-Honda), a 6s5633
    10º. Alex Tagliani (CAN/BHA-Honda), a 9s9764
    11º. Rubens Barrichello (BRA/KV-Chevrolet), a 11s4636
    12º. Simon Pagenaud (FRA/Schmidt Hamilton-Honda), a 13s8734
    13º. Josef Newgarden (EUA/Fisher Hartman-Honda), a 1 volta
    14º. Sébastien Bourdais (FRA/Dragon-Chevrolet), a 1 volta
    15º. Will Power (AUS/Penske-Chevrolet), a 1 volta
    16º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Chevrolet), a 1 volta
    17º. Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi-Honda), a 1 volta
    18º. Ed Carpenter (EUA/Carpenter-Chevrolet), a 1 volta
    19º. Ryan Briscoe (AUS/Penske-Chevrolet), a 2 voltas
    20º. Ernesto Viso (VEN/KV-Chevrolet), a 4 voltas

    Não completaram:

    Justin Wilson (ING/Dale Coyne-Honda)
    James Hinchcliffe (CAN/Andretti-Chevrolet)
    Graham Rahal (EUA/Chip Ganassi-Honda)
    Simona de Silvestro (SUI/HVM-Lotus)
    Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi-Honda)

    • Vi até umas dez voltas do fim, o Kanaan tava caindo de segundo la pro final do pelotão por conta de probelmas técnicos (tava tendo que economizar gasolina) e o barrica tava em sexto… não entendi nada quando vi o resultado final da corrida.

      • Eduardo Casola Filho

        O Barrica teve que parar porque também estava quase sem combustível.Não deu para entender o que a KV fez.

        Sobre as posições, o final da corrida teve alguns acidentes nessa corrida, por isso acabou assim.

        Aproveitando o gancho, classificação do campeonato:

        1º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Chevrolet) – 335 pontos
        2º. Will Power (AUS/Penske-Chevrolet) – 301 pontos
        3º. Hélio Castroneves (BRA/Penske-Chevrolet) – 289 pontos
        4º. Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi-Honda) – 281 pontos
        5º. James Hinchcliffe (CAN/Andretti-Chevrolet) – 268 pontos
        6º. Tony Kanaan (BRA/KV-Chevrolet) – 267 pontos
        7º. Simon Pagenaud (FRA/Schmidt Hamilton-Honda) – 264 pontos
        8º. Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi-Honda) – 230 pontos
        9º. Ryan Briscoe (AUS/Penske-Chevrolet) – 217 pontos
        10º. Oriol Servià (ESP/DRR Panther-Chevrolet) – 215 pontos
        11º. Graham Rahal (EUA/Chip Ganassi-Honda) – 205 pontos
        12º. Charlie Kimball (EUA/Chip Ganassi-Honda) – 204 pontos
        13º. Justin Wilson (ING/Dale Coyne-Honda) – 200 pontos
        14º. J. R. Hildebrand (EUA/Panther-Chevrolet) – 199 pontos
        15º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Chevrolet) – 187 pontos
        16º. Rubens Barrichello (BRA/KV-Chevrolet) – 183 pontos
        17º. Takuma Sato (JAP/Rahal Letterman-Honda) – 176 pontos
        18º. Mike Conway (ING/A. J. Foyt-Honda) – 172 pontos
        19º. Ernesto Viso (VEN/KV-Chevrolet) – 172 pontos
        20º. Ed Carpenter (EUA/Carpenter-Chevrolet) – 163 pontos
        21º. Alex Tagliani (CAN/BHA-Honda) – 162 pontos
        22º. James Jakes (ING/Dale Coyne-Honda) – 162 pontos
        23º. Josef Newgarden (EUA/Fisher Hartman-Honda) – 143 pontos
        24º. Simona de Silvestro (SUI/HVM-Lotus) – 123 pontos
        25º. Katherine Legge (ING/Dragon Racing) – 103 pontos
        26º. Sébastien Bourdais (FRA/Dragon-Chevrolet) – 102 pontos

      • O Barrichello foi muito bem tb. pena que precisou de combustivel no final.

  3. Gostei da corrida do Massa. Mostrou um bom ritmo e nenhuma zica lhe atingiu o fim de semana todo. Está recuperando os créditos no circo.

  4. GP2 hoje foi muito boa pros brasileiros tb. Inclusive o Razia e o Nasr estão indo muito bem, o primeiro ta seguindo para ser o campeão e o segundo uma excelente estreia na categoria.

    • Eduardo Casola Filho

      O Razia vem fazendo uma temporada irretocável. Está muito consciente daquilo que faz. É mais piloto que o Valsecchi, que é o seu adversário direto.

      Já o Nasr está evoluindo bastante nesta temporada. Logo deve chegar lá

  5. Ver o canguru ultrapassar o EL FODON não tem preço. A babação em cima do asturiano neste fds encheu o saco. Pago pra ver o campeonato bem embolado e com o Feeeeeeettel fora da disputa direta. Eba!

  6. Eduardo Casola Filho

    Maldonado e Kobayashi tomaram uma multa e uma advertência pelos incidentes de hoje:

    http://esporte.uol.com.br/f1/ultimas-noticias/2012/07/08/maldonado-recebe-multa-por-batida-em-perez-em-silverstone.htm

  7. Eduardo Casola Filho

    Uma ótima notícia. Spa permanece no calendário, pelo menos nos próximos três anos:

    http://www.grandepremio.com.br/noticias/ministro-belga-renegocia-contrato-com-ecclestone-e-garante-pais-na-f1-ate-2015/

  8. Torco pelo canguru, mas acho q vettel vai tirar a diferenca ganhando umas 3 seguida, e levar o caneco pela 3 vez seguida.

  9. Salve meu povo!!!

    A corrida começou muito quente e terminou morna, o Webber vai brigar dessa vez, o Alonso vai ser o homem a ser batido, ta pilotando demais, o Vettel pode chegar mas, depende muito do carro, o Massa andou, algo que não tinha feito esse ano, o Senninha… é isso ai e pronto, o Maldonado mostra a cada corrida que a sua vitoria foi um mero acaso, ele é muito ruim, torço para que o Raikkonen ganhe uma esse ano, e que a McLata consiga voltar a disputa pois a coisa ta feia, o Butão vai acabar aposentando no fim do ano desse jeito!!!

  10. Maldonado é um excelente piloto. Tá faltando alguém sentar com ele e ajudá-lo a ter equilíbrio durante as corridas. Vem dando show! Espero que ele consiga segurar só um pouco o ímpeto e que ano que vem a Williams siga nessa evolução.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: