Algumas gotas


Vamos pontuar alguns assuntos deste fim de semana:

Di Grassi e Alguersuari cuidam da borracha

Di Grassi trilha F1 pela borracha

A Pirelli anunciou que terá uma dupla no comando dos testes dos pneus com o R31, carro da Renault-Lotus em 2011 nos testes dos compostos que equiparão os carros de 2012. Lucas di Grassi segue, agora com a companhia de Jaime Alguersuari. O espanhol conseguiu o emprego depois de ser defenestrado da Toro Rosso no fim da última temporada. A esperança é que o conhecimento dos pneus façam a diferença para serem lembrados pelos donos de equipe, e não apenas o dinheiro. Para o brasileiro “Analisando o lado técnico, estou na melhor posição possível”. Se vai rolar, isso ainda não se sabe, mas a tentatia é válida.

Rodízio ainda indefinido

Paul Ricard ainda não garantido

E o temido revezamento entre Spa-Francorchamps e Paul Ricard ainda não está definido. O problema é que a turma da Bastilha ainda não tem todas as garantias que possa bancar a corrida em Le Castellet, já que o governo não quer gastar os tubos na corrida. “As propostas são bastante razoáveis, mas nada foi fechado ainda”, disse o primeiro-ministro francês François Fillon. Portanto, nada definido e as chances de uma corrida em território gaulês não é tão grande.

Batata Quente no Bahrein

"Já pagaram? Então dá pra correr!!!"

Faltando três semanas para a temida corrida na península arábica, a coisa só anda a feder por aqueles lados e há um temor que as coisas desandem durante a corrida, como informou nosso camarada Speeder_76. Neste fim de semana já tivemos um fotógrafo metralhado e o presidente da Comissão de Direitos Humanos no Bahrein, Nabeel Rajab foi preso. Além disto, protestos e encrencas não param de acontecer há 22 dias da corrida. Mas para tio Bernie, tudo limpo, afinal a grana caiu no bolso. Resumindo, podemos ver o caos na corrida barenita se nada for feito. Há um buchicho de um plano B para o caso de cancelamento durante a semana de viagem da China (corrida anterior) para lá. Mas logisticamente falando pode ser terrível. Problemas à vista.

E Finalmente Indy

I got the power!

Na Fórmula Indy, corrida mais ou menos do mesmo nível da primeira, desta vez disputada no Alabama, mas as disputas foram mais intensas. Desta vez quem se deu bem foi Will Power. O australiano partiu de nono e foi feliz na estratégia de paradas e no jogo de bandeiras amarelas. Galgou a posição necessárias e chegou à ponta na parte final da corrida. Merecida vitória.

Scott Dixon repetiu o segundo lugar de St. Petesburg (nos EUA, não na Rússia) e tem sido um grande nome neste começo de ano, enquanto Dario Franchitti sofre para se adaptar ao carro novo, o neozelandês está andando muito.

Helio Castroneves não brilhou desta vez. Partiu da pole mas perdeu a liderança no primeiro pit-stop e não teve ritmo para brigar pela vitória, mesmo assim mantém a liderança com dois pontos de vantagem para Dixon. Na corrida destaque para Simon Pagenaud, francês que andou bem, fez boas ultrapassagens e chegou num excelente quinto posto.

E destaque também para Rubens Barrichello. Por boa parte da corrida, andou em posições intermediárias e até no fim do grid, mas no trecho final, foi agressivo, andou muito bem e chegou em oitavo. Foi o melhor piloto da KV e aparece em décimo no campeonato. Aos poucos, o Barrica vai pegando o jeito.

Tony Kanaan não teve sorte de novo. andou entre o quinto e o sétimo lugar pelo começo, mas teve um problema mecânico que o atrasou e com isso ficou só em 21º. Melhor sorte ao bom baiano, no mítico circuito de Long Beach, no dia 15.

1º. Will Power (AUS/Penske-Chevrolet), 90 voltas
2º. Scott Dixon (NZL/Chip Ganasssi-Honda), a 3s370
3º. Hélio Castroneves (BRA/Penske-Chevrolet), a 19s115
4º. Graham Rahal (EUA/Chip Ganassi-Honda), a 19s339
5º. Simon Pagenaud (FRA/Schmidt Hamilton-Honda), a 20s105
6º. James Hinchcliffe (CAN/Andretti-Chevrolet), a 23s309
7º. Mike Conway (ING/AJ Foyt-Honda), a 24s555
8º. Rubens Barrichello (BRA/KV-Chevrolet), a 25s402
9º. Sébastien Bourdais (FRA/Dragon-Lotus), a 27s181
10º. Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi-Honda), a 32s737
11º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Chevrolet), a 33s503
12º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Chevrolet), a 35s873
13º. Oriol Servià (ESP/Dreyer & Reinbold-Lotus), a 37s894
14º. Ryan Briscoe (AUS/Penske-Chevrolet), a 41s674
15º. JR Hildebrand (EUA/Panther-Chevrolet), a 44s505
16º. James Jakes (ING/Dale Coyne-Honda), a 54s534
17º. Josef Newgarden (EUA/Fisher Hartman-Honda), a 1min00s618
18º. Ernesto Viso (VEN/KV-Chevrolet), a 1 volta
19º. Justin Wilson (ING/Dale Coyne-Honda), a 1 volta
20º. Simona de Silvestro (SUI/HVM-Lotus), a 1 volta
21º. Tony Kanaan (BRA/KV-Chevrolet), a 1 volta
22º. Ed Carpenter (EUA/Carpenter-Chevrolet), a 2 voltas
23º. Katherine Legge (ING/Dragon-Lotus), a 5 voltas
24º. Takuma Sato (JAP/Rahal Letterman-Honda), abandonou
25º. Charlie Kimball (EUA/Chip Ganassi-Honda), abandonou
26º. Alex Tagliani (CAN/BHA-Lotus), abandonou

Campeonato: Castroneves 86, Dixon 84, Power 77, Hinchcliffe 60, Pagenaud 58, Hunter-Reay 53, Rahal 50, Briscoe 46, Conway 38, Barrichello e Franchitti 37, Kanaan (26º) 22.

E é isso aí! Até lá! Abraço!

Publicado em abril 1, 2012, em Automobilismo, F1 e marcado como , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 38 Comentários.

  1. Olha o barrica chegando. Ai dá gosto ver.
    Pedido: Passem a divulgar dias e horários das corridas pq não sei quando acontecem e tô querendo assistir. Abração.

  2. Com esse negócio de TV 3D será que o telespectador não corre risco de uma bala ou bomba acertar quem estiver do lado de cá da telinha assistindo o GP do Bahrein?

  3. Barrica fez uma ultrapassagem linda faltando 4 voltas para o final.
    Fez, e fez bem feito. Sinto que ele vai tomando gosto pela coisa…

  4. A Band é incompetente mesmo, o Brasil todo querendo ver o Barrica na Indy e eles passam joguinho (sem público)
    de campeonato paulista.

  5. A corrida não foi no mesmo horário da Truck, não?

    • A largada da Indy foi às 15:45 hs mais ou menos.A F-Truck é
      sempre por volta das 13:00hs.
      A questão toda se resume que as corridas da Indy coincidem com o
      horário do futebol e aí já viu,né…

    • Eduardo Casola Filho

      A Truck começou as 13 e terminou uma hora e meia depois, mais ou menos. A largada da Indy foi 15h45. A Band só não transmitiu por causa do futebol mesmo.

  6. Torcendo para o Barrica dar certo na Indy.

  7. Acabei de descobrir: Barrica nao e’ considerado novato na Indy…

    que puta sacanagem!!!

    • Claro, como é que o Vovô Barrica iria ser novato na Indy… :mrgreen:

      • O cara nao conhece pista nenhuma, nunca dirigiu o carro, nao esta’ familiarizado com o tipo de tatica que os engenheiros usam (alias, o engenheiro na Indy tem uma papel um pouco mais importante do que na F1), consumo de combustivel, etc.

        Os novatos tem 1/2 hora a mais nos treinos livres de sexta para se habituarem ao tracado, etc. Barrica tem 1h e 1/2 pra memorizar o tracado, achar o acerto e rezar para entender os pneus.

        Puta sacanagem!!!!

        ps: Mansell, quando foi pra Indy, foi considerado novato…Ganhou o titulo e o ROY tb.

  8. Algumas sugestões para o problema do horário da Indy:
    A Band podia tirar o Milton Neves do ar,para passar as provas da Indy em VT completo,já que o programa dele dá traço no IBOPE.Assim não atrapalharia o futebol e os fans da Indy teriam um horário descente para acompanhar as corridas.
    Outra sugestão é que se querem passar só os melhores momentos da corrida que passem antes do Pânico,e que nessa situação,façam o Pânico entrar no ar um pouco mais tarde.
    No domingo a Band exibiu os melhores momentos da prova as 23:30.Um horário muito inglório para o pessoal que tem que acordar cedo e ainda tiveram como concorrente no horário o TUF Brasil,reality show de pancadaria do UFC e da Rede Pachecada.

    • Douglas, eu trabalhei em TV por 12 anos. O que deve ter acontecido e’ que a audiencia da 1ra corrida, transmitida in loco pela Band (com varios comerciais na TV), deve ter sido baixa. Dai’ os caras cortam geral. E’ meio tudo ou nada para a 1ra transmicao, uma pena…

      • A Band só da mais atenção para a SP Indy 300 e para a Indy 500
        porque não batem de frente com o horário do futebol.Fora essas duas,
        as únicas corridas que transmitiram ao vivo ano passado foram as
        noturnas,no Sábado.
        Só não cortaram a transmissão da primeira corrida porque o Castroneves
        estava na liderança e tinha chances reais de vencer.
        A Band é uma merda!

  9. Senna Simply The Best

    Ano passado a Globo cortou a lendária corrida do Canadá para passar futebol também!!!!

    • Nesse caso aí não sei como o tio Bernie não tacou uma multa na Plim-Plim. Pelo que eu ouvi as emissoras são obrigadas a transmitir na ÍNTEGRA as corridas de F1 – teve até um GP uns anos atrás que foi cortado por causa da visita do Papa aqui no Brasil.

    • bando de troxa… fico moo galera na net congestionando o sistema p ver como tava a corrida.

    • Eduardo Casola Filho

      E se a corrida de Austin rolar, dificilmente teremos a transmissão da Globo, porque será no domingo às 5 da tarde, bem na reta final do Campeonato Brasileiro. Portanto é caçar o streaming

  10. Assina Sky e manda a Band a merda. Ou a Oi. Parece que a Oi TV caiu para uns 29,00 pilas. Confere, Arnaldo? É só dá um pay per view e pronto. Eu ainda não tenho tv paga, não sou otário. Mas agora Embratel tá barato pra caramba!!!

  11. Respondendo ao Senna Simply The Best:
    Mas no caso do GP do Canadá,aconteceu um fato que “prejudicou” a programação não só da Globo,mas de também de todas as outras emissoras mundiais que cobrem a F1.O diluvio de Montreal foi algo inesperado.E em 2007,cortou o GP da Espanha,que foi vencido pelo Felipe Canelone.Mas ela passou os melhores momentos depois da cerimônia religiosa.No GP da Bélgica de 2004,a Globo cortou a transmissão só para passar a final do Vólei masculino em que o Brasil venceu a Itália e garantiu o ouro nas Olimpíadas de Atenas,também passou os melhores momentos depois desse fato.Em 2005 os artista da vez foi o GP dos EUA.O corte aconteceu graças a mais um amistoso da Seleção Canarinho.Mas o caso mais conhecido de corte global na F1,foi o GP de Portugal de 1989,que foi interrompido pelo horário político destinado aos candidatos a Presidente da República.O corte aconteceu depois do épico acidente entre Senna e Mansell,nesse caso a Globo só mostrou a última volta desse GP,vencido por Gerhad Berger.Em 1986(fonte tirada do Blog do Capelli)a Globo transmitiu em VT o GP de dos EUA,vencido por Senna,pois no mesmo horário acontecia o show de Maradona contra os ingleses na Copa do Mundo.Isso fora o corte que o mesmo GP do Canada teve 4 anos antes devido a Copa e o acidente de Ricardo Paletti.

  12. Eduardo Casola Filho

    Schumacher e Rosberg nos “boxes”. Onde será que entra a mangueira de reabastecimento?

    http://globoesporte.globo.com/platb/voandobaixo/2012/04/03/schumi-rosberg-e-o-pit-stop/

    • Essa foi boa! “Onde será que entra a mangueira de reabastecimento?”: Schumi, com um sorriso amarelo, parece estar pensando “ser ou não ser, eis a questão!”. Olha só a cara do QueimaRos, tá com cara de quem vai tirar (ou introduzir) “de letra” a “grande questão”.

  13. Ontem fui na missa e o padre falou no sermão: “sabe porque padre deveria casar? Para conhecer o inferno!”, rarararará… ham! Essa foi péssima… É porque meu casamento tá um inferno, gente. Rezem por minha alma!

  14. Euclides Palhafato (Perro de Cofap)

    Se o Senna ressucitar e anunciar que vai correr, convidar o Prost e tudo mais, e tiver jogo do Timão na mesma hora da corrida, é o Timão que vamos assistir. Chorem, não-corintianos, por terem que sempre estar em posição subalterna ante a vontade da Fiel, que reina absoluta no esporte televisivo paulista quiça brasileiro. Chorem de desgosto por não terem cumprido a Lei de Deus quando nasceram, a rejeitado na infância, e terem sido descomungados na puberdade, delirando e escolhendo o caminho sodomita, suíno ou se encostando no mercado de peixe no futebol e não serem corintianos. A Band passa o Timão e rebaixa a corrida da Indy por uma razão muito justa: nós corintianos estamos sempre do outro lado da tela pra assistir. Contentem-se com seus Pay-per-views, camarotes trocados por favores, radinhos de pilha, e consolem-se com o que possam ter de louvável em suas medíocres torcidas: a peculiaridade, pois torcida forte e determinante, NUNCA SERÃO!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: