QUANDO REALIDADE E FICÇÃO COMEÇAM A SE CONFUNDIR


O tempo passou, a década de 80 acabou, a de 90 voou, a de 2000 a gente nem viu, os cabelos brancos apareceram, a barriga cresceu, os jogos de corrida evoluiram, deixaram de ser jogos e se tornaram simuladores. E é assim que eu vou terminar a minha linha do tempo que se estende há três tópicos: com uma viagem ao presente (que pode parecer uma viagem ao futuro para alguns). Portanto, aconcheguem-se em suas cadeiras e apertam os cintos. Preparem-se para passear por um mundo que poucos conhecem: o mundo do automobilismo virtual.

À medida que o tempo foi passando e a física dos games foram ficando mais apuradas, surgiu, no inconsciente coletivo das pessoas envolvidas nessa “diversão”, a obsessão de tornar a coisa cada vez mais real.

A partir de então, os fabricantes de softwares procuraram se aproximar das montadoras e dos pilotos, com o objetivo de colherem dados relativos às verdadeiras físicas dos carros (buscando, assim, o embasamento técnico necessário para criarem simuladores verdadeiramente fidedignos). Os pilotos que estão na ativa começaram a se interessar pelos simuladores, seja para treinarem e conseguirem mais disciplina e paciência (elementos básicos para uma boa pilotagem), seja para “experimentarem” categorias diferente daquelas nas quais competem. Os pilotos que estão parados por falta de patrocínio e oportunidade nas categorias de acesso passaram a buscar socorro nos simuladores para se manterem afiados. E as demais pessoas, reles mortais fanáticos por automobilismo, consumiram todos esses produtos, dando ao mercado o folego necessário para o seu desenvolvimento.

Quase realidade

Com tantas mentes brilhantes trabalhando juntas, o resultado não poderia ter sido outro e, a partir de 2006, o mundo dos jogos eletrônicos foi agraciado com concepção de uma leva de simuladores automobilísticos excelentes.

O panorama que se tem hoje é, no mínimo, curioso. Ligas e confederações virtuais bem organizadas, cuja eficiência é capaz de causar inveja e de servir como exemplo para muitas representações de atividades “reais”. Os competidores arcam com uma pequena inscrição para participar de campeonatos, com datas bem definidas, sendo as corridas transmitidas e narradas via internet. Não por acaso, os campeonatos virtuais têm sido frequentados por celebridades do mundo real, tais como, Cacá Bueno, Thaigo Camilo e Rubens Barrichello.

Todo esse profissionalismo, no entanto, foi transmitido ao jogador. O tempo do amadorismo acabou. Agora, são necessárias horas de treino para se entender detalhadamente a física dos carros e conseguir uma boa regulagem para o equipamento. O jogador tem que se treinar, aprender e se especializar, quase como se estivesse se lançando a uma atividade real. Eu, particularmente, não tive sucesso nas minhas tentativas de desenvolver uma técnica apurando para a pilotagem virtual, por falta de disciplina e de paciência (e de tempo). Mas, mesmo se limitando à “peladeira dominical”, não há como deixar de se impressionar com tudo isso.

Agora, vamos a alguns fatos curiosos a respeito disso tudo:

1- RUBENS BARRICHELLO

Recentemente, Rubens Barrichello decidiu adentrar no mundo do automobilismo virtual. E, com pouco tempo de prática, o Barrica “deu um cacete” (desculpem pela expressão, mas ela cai muito bem nessa frase) em seus adversários. Tive a oportunidade de ver o vídeo da primeira vitória virutal do Barrichello e fiquei impressionado com a “fineza” e a “perfeição” do traçado do piloto, quase totalmente isento de erros.

Este vídeo (que segue logo abaixo) me fez refletir sobre duas coisas.

Primeiro, é incrível oportunidade que esses simuladores oferecem de se disputar uma corrida virtual com caras consagrados do automobilismo. A chance de correr contra um piloto igual ao Rubens Barrichello, ainda que seja no mundo do “faz de conta”, deve descarregar uma adrenalina memorável.

Segundo, esse simulador mostra o quanto esses pilotos são bons. O Rubens Barrichello, por exemplo, não conquistou nenhum título de formula 1 e foi alvo de muitas críticas ao longo da carreira, e, ainda assim, apresenta um nível de pilotagem com o qual somente se pode competir após cavalares doses de treino e de talento. A partir daí, podemos começar a ter uma noção da verdadeira habilidade desses caras…

A respeito dessa aventura no mundo virtual do automobilismo, Barrichello admitiu em uma entrevista recente (acho que foi para o site Terra) que a física dos simuladores atuais são bem próximas da realiadde, com exceção daqueles dedicados à Formula 1, já que nenhum software conseguiu reproduzir a esmagadora “força G” que atinge as baratas durante a corrida. Opinião de quem sabe.

2- FELIPE MASSA

Felipe Massa fez um “test drive” em um simulador brasileiro recém-lançado da stock car, junto com outros pilotos virtuais. Na corrida, o caneloni e outro piloto, cujo nome eu esqueci (mas que, salvo engano, já é consagrado no mundo do automobilismo virtual) dispararam na frente e travaram um “pega” de encher os olhos (o vídeo está logo abaixo e vale à pena assistir).

3- TREVOR BAYNE (Eu sei, esse aqui pouca gente conhece)

Aos 20 anos, Trevor Bayne da Daytona se tornou o piloto mais jovem a conquistar as 500 milhas de indianapolis. Segredo? Utilizou o simulador iRacing (falarei a respeito dele logo mais) um ano antes, obtendo dicas com outro piloto experiente (Michael Waltrip).

E então, quais são os simuladores que existem hoje?

Bom, cada um deles tem a sua peculiaridade, as suas virtudes e seus defeitos. Analisemo-nos, pois.

NETKAR

Pró: O simulador possui uma sistemática de desgaste de pneus tão perfeita, que nenhum outro software conseguiu reproduzir até hoje.

Contra: o jogo foi produzido em 2006 e, salvo engano, não teve atualizações, o que o torna naturalmente ultrapassado em alguns aspectos.

GRAND TURISMO 5

Pró: o gráfico impecável e a grande variedade de carros e categorias.

Contra: dentre os simuladores atuais, acredito que este é o que tem a física menos apurada. Parece-me que os fabricantes “facilitaram” a vida do jogador, com o objetivo de tornar a jogabilidade game um pouco mais simples e, consequentemente, mais popular.

Detalhe: este é o simulador preferido de Nelsinho Piquet

RFACTOR

Pró: Nos idos de 2006, a empresa de software de nome I.S.I. foi contratada pela equipe BMW para produzir um simulador capaz de auxiliar o treinamento de seus pilotos de formula 1 e o desenvolvimento do carro. A I.S.I., então, aproveitou-se do fato de que produzira o simulador oficial da BMW, e, com base neste, lançou o rFactor, com algumas modificações. Só por essa narrativa, já dá para se ter uma noção do quão apurada é a realidade deste jogo.

Contra: não há sistema meteorológico (só existe a opção de pista seca). Além disso, os gráficos já estão ultrapassados.

STOCK-CAR

Pró: O jogo foi produzido pela empresa brasileira REIZA, com base no rFactor e inteiramente baseada na Stock Car. Por conta disso, tem chamado a atenção de muitos brasileiros, inclusive de automobilistas famosos. Para se ter uma ideia, no dia 10 de outubro de 2011, Barrichello confirmou em seu twitter que participaria do próximo campeonato oficial deste simulador. Outras figurinhas conhecidas também deve garantir presença.

Contra: por seguir a linha do iRacing, apresenta os mesmos defeitos.

IRACING

Pró: as pistas e carros foram obtidos através de escaneamento a lazer. Por conta disso, o simulador confere uma “impressão de tamanhos de objetos” e uma “sensação de emersão” ímpares. Certa vez, o Gonçalves deu umas voltas no circuito de Spa-fiquei-com-preguiça-de-procurara-no-google-como-se-escreve-“Francochamps” com este simulador e falou que cada desnível da pista, cada “bumper” estava lá. A física, embora peque em um ou outro detalhe, também consegue se destacar frente aos demais simuladores.

Contra: Possui notória preferência pelas categorias americanas (Dayotona, Nascar, Indy etc.) que não são muito populares por aqui. Assim como iRacing, só há pista seca. Não há inteligência artificial, ou seja, só há disputas on-line com outros jogadores (com isso, obriga-se os participantes a pagarem uma “taxa” para terem acesso ao software. O preço promocional é de cem reais por ano, nada muito absurdo). Além disso, o jogo parece ter um problema de grip (há mais grip do que deveria ter nos circuitos ovais e menos grip do que deveria ter nos mistos). Mas não se assustem com tantos pontos negativos, apesar de nunca ter experimentado esse simulador, pelo que me consta, este é o que mais tem agradado os jogadores.

Pensamento do dia: Em briga de saci não tem rasteira!

Leonardo

Publicado em novembro 22, 2011, em Video-Game e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 63 Comentários.

  1. Quero comprar um simulador para ter em casa. Alguém sugere algum nome de fornecedor no Brasil que tenha equipamento decente e preço razoável? Outra coisa: prefiro fórmulas (monopostos). Obrigado.

    • Acho que o jogo da Stock-Car se enquadra bem no que vc está procurando, sydnei.
      O único problema é que, para jogá-lo bem, vc provavelmente precisará de um volante com Force Feed Back – que não costuma ser barato. Eu comprei um usado no mercado livre há uns tempos atrás, para ver como é (microsoft side-esqueci-o-resto-do nome) Paguei 200 reais. Nem muito caro, nem muito barato. Até que o produto não é dos piores, mas com certeza há volantes melhores por aí (e mais caros).

    • “Outra coisa: prefiro fórmulas (monopostos).”
      Opa, foi mal sidney, só agora que eu me atentei para a sua última frase.
      Ignora o que eu disse aí em cima.

  2. Esqueceu de citar games como Forza 4, Live for Speed, que são excelentes.

    Forza 4, sendo muito melhor que Gran Turismo 5, e o Live for Speed batendo de frente com o rFactor.,

    Fica a dica de dois games para se jogar e testar.

    • higor, já ouvi falar a respeito do Forza4 e do Live for Speed, mas nunca tive a oportunidade de buscar informações mais aprofundadas a respeito de ambos.
      Pelo que vejo, o Forza4 supera – e muito – o Grand Turismo. Deve ser um simulador excelente.
      Quanto ao Live for Speed, confesso que fico um pouco desconfiado, já que a sistemática histórica do Need for Speed (com “rachas” em ruas entupidas pelo trafego dos carros de passeio e perseguições policiais) não combina muito com o “espírito” de um simulador. De qualquer forma, não quero criar preconceito em relação a esse jogo. Se alguém já teve a oportunidade de jogá-lo, seria interessante comentar a respeito, poderia ser um acréscimo ao post.

      • Forza é excelente mesmo.

        Quanto ao Live for Speed, o nome engana, pois leva muito o a pensar em need for speed. Aqui tem um video pra ter uma noção. Mas vale a pena baixar e testar o game.

  3. Excelente texto Cassola! Muito bom mesmo. Bem que eu gostaria de ter um brinquedinho deste em casa. Saudações nada alvinegras. O timinho de merda esse meu foguinho de palha, rsrs Abraços.

  4. Ops, valorizei o passe! eheh Casola, com um s só!:mrgreen:

  5. O pessoal do meu trabalho tá meio que querendo criar um “time” próprio – estão me INTIMANDO pra participar com eles desde o ano passado, mas como eu sou lerdo e não montei meu PC novo até hoje.

    Um de meus colegas até ficou “famoso” em algumas ligas, e possui uma equipe (muito organizada, por sinal).

    http://brahmeirosteam.com.br/

  6. Sim o FORZA 4. é realmente bem melhor q o Gran Turismo 5.

  7. No mundo real

    Narigas enfim anuncia que nao vai correr 2012

    http://autosport.aeiou.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=as.stories/101624

    Mas isso a gente já sabia, qro saber se ele volta pra renault ou vai pra ferrada com o chorao.

  8. Nossa, um post HISTORICO, minha gente😮

  9. Nas minhas pesquisas trapizombescas, apos muitas estradas tortuosas, cheguei a uma intersecao com apenas 2 caminhos a seguir:

    Na esquerda, uma rua chamada iRacing.
    Na direita uma rua chamada rFactor.

    O iRacing e’ legal, mas e’ so’ multiplayer, PORRA….Assim e’ fueda! E nao se engane: tem muito neguin por ai’ QUE NAO TEM UMA VIDA. Sao geralmente mal amados pelos pais, e JOGAM A PORRA O DIA INTEIRO. Consequentemente, sao bons pra cara***o. Nao vejo nenhuma graca em tomar voltas e mais voltas desses caras. O velho Trapi e’ bom, nao se engane, mas eu nao tenho tempo de treinar como esses caras tem. Meu acerto e’ o que esta’ la’ mesmo e pe’ embaixo. Nao vou gastar horas de minha vida “acertando” o carro, se eu puder baixar um acerto, melhor ainda.

    Por isso, minha escolha foi o rFactor. Tem uma porrada de mods, tem AI (posso dar uma treinada de vez em qndo, a porra tem de tudo.

    Vamos criar a FORMULA FUFA, aonde nao pode ser ruim, mas tb nao pode ser muito bom, hehe:mrgreen:

    • Sou a favor, mas nao tenho um ps3 ou pc descente pra jogar, qdo tiver eu entro nessa, por enquanto só o kartizin msm. Alias eu to com o texto do post pronto, falta so o video.

      • o meu PC e’ um DELL bem normal, nada de mais. E roda o rFactor na boa.

        Qndo eu vi os graficos do rFactor, fiquei cabreiro se o meu PC iria aguentar, era lindo. Mas o segredo e’ ajustar os graficos de acordo com o seu PC. Eu desliguei uma porrada de coisas, e o jogo ainda manteve um visual legal enqto roda bem

    • Eduardo Casola Filho

      Acho que pode ser por aí mesmo.

      Mas as dos caras mal amados que ficam o dia inteiro no jogo, eu não aguento.😆

    • Se não puder ser ruim, não poderei participar!😦

    • “tem muito neguin por ai’ QUE NAO TEM UMA VIDA. Sao geralmente mal amados pelos pais, e JOGAM A PORRA O DIA INTEIRO.”
      Trapizomba foi em cima do ponto chave!
      É praticamente impossível competir pela internet nesses simuladores, pq tem gente que se dedica mais ao mundo virtual do que à vida real (sem exagero). Nós, que limitamos o automobilismo virtual à “peladeira dominical”, não temos chance de disputar com os “profissionais”.
      Quanto à criação do FORMULA FUFA, apoio 100%. Ainda não perguntei para o meu irmão, mas acho que ele entraria nessa também.

  10. Pessoal, vcs que curtem video game e F1, não necessariamente nesta ordem, a Shell e a Ferrari promoverão um videogame gigante projetado em prédios em diferentes ruas de São Paulo de hoje até sábado, que vai interagir com quem estiver passando, sempre das 20h às 1h. Quem estiver em SP joga por mim?😛

    Quarta-feira – Faria Lima, Rebouças, Brigadeiro Luis Antonio e
    Paulista.
    Qunita-feira – Paulista, 23 de Maio, Av Brasil, Avenida Henrique
    Schumann, Cardeal Arco Verde e Vila Madalena.
    Sexta-feira – Faria Lima, Juscelino, Santo Amaro, Helio
    Pelegrino e 9 de Julho.
    Sábado – Berrini, Marginal Pinheiro e Cidade Jardim

  11. First: iRacing não é “só um jogo online”. O fato de não ter IA é compensado com as inúmeras sessões de treinos e testes que podem ser feitas (tudo com vários outros jogadores). Assim fica mais fácil aprender, já que gente pra dar conselhos não falta. Além disso, pra quem reclamou dos “viciados”, o jogo tem um sistema de pareamento, em que você SEMPRE vai correr com pessoas que têm o mesmo nível que você, com uma variação dependendo da quantidade de jogadores alistados para a corrida.

    Second: A IA do rFactor é estremamente estúpida! Eles não sabem respeitar seu espaço, quando vão ultrapassar acabam sempre batendo em você -simulando perfeitamente o de Cesaris?- e os mods não são capazes de corrigir isso.

    Third: O NetKar pro é atualizado sim, com uma frequência relativamente curta. O grande problema é a falta de jogadores, devido a pouca divulgação, baixo orçamento e campeonatos escassos.

    Fourth: Live for Speed é comparado ao iRacing no universo online (grande parte devido a sua física quase perfeita). Os carros não são reais, mas são baseados em carros reais e a física é muito bem apurada, simulando até as deformações das laterais dos pneus quando sobre carga. O seu maior problema é a demora para ser atualizado, já que a equipe que o desenvolve é bem pequena. Pra quem não sabe, ele tem um modelo virtualizado da BMW SAUBER F1 de 2006.

    • Grande Motta, tava sumido…

      O problema do iRacing e do AI e’ que nem sempre a gente pode treinar online…Eu tentei entrar on rFactor online e neguin se recusou a deixar o velho Trapi correr com eles😦

      Ademais, eu diria que 80% das corridas sao fechadas, ou seja, sao corridas entre amigos que nao querem ninguem de fora la’…

      Motta, eu me diverti MUITO correndo com os AI, mesmo eles nao sendo perfeitos. Alias, eu nao to muito ligado nessa de perfeicao, sendo tudo igual pra todo mundo ta’ lindo. O mod F1 1955 e’ muito legal (a nao ser qndo o Fangio cola atras de vc…). Tem tb um mod so’ de Caterham, muito legal, e um dos AI e’ o Tazio Nuvolari, que e’ dificil pacas de ser ultrapassado😀

      Enfim, e’ mais pela diversao do que pela “realidade”

      Abs

      • No iRacing não tem essa de “não quero jogar com vc”. É bem profissa. Mas eu concordo que o rFactor agradaria a maioria, apesar de ser ultrapassado… haha

        • Baixei o mod F1 1979 e e’ muito legal…Piquet, Lauda e cia. E o carro e’ MUITO mais dificil de guiar que os F1 atuais. O bicho sacode o tempo inteiro, aqueles caras eram herois..

          Sou capaz de comprar o iRacing tb, hehe…assim fico coberto.

          • Meu amigo, pra que eu jogue, tem que ter a linhazinha ensinando o traçado. hehehhehehehheheheh.

            Não tenho tempo pra treinar nem para aprender os circuitos. Jogaria só pela diversão de estar com a turma do blog. Mas só levar fumo também é foda!

            Organizem a parada que eu vou ver se meu computador suporta o rfactor. Depois vou ter que dar um jeito de comprar o volante. Procurar um que seja compatível com o xbox 360 que aí já melhora pro meu lado.🙂

            Tem que dar um jeito de Bidart colocar banda larga na casa dele para chamar o gordo pra jogar também!

          • o rFactor roda em qualquer PC, desde que vc seja esperto e va’ desligando umas pururucas que comem a CPU, como shadows e particles.

            E sobre o volante, sim, tem que comprar. Sem o volante vc vira 1.5 seg mais lento do que com o volante, portanto…

          • Acho q vou entrar nessa parada…

  12. Eduardo Casola Filho

    Vídeo de Interlagos versão de games, para um bom adendo aos posts de games:

  13. Eduardo Casola Filho

    Capacete do Barrica à lá Silva, outra vez. Geralmente não dá sorte, espero que mude.

    http://uolesporte.blogosfera.uol.com.br/2011/11/24/rubinho-volta-no-tempo-e-usa-capacete-em-homenagem-a-senna/

    • Nesta quinta, o piloto da Red Bull deixou claro que vê o brasileiro melhor do que o pentacampeão mundial Michael Schumacher.

      Concordo com a reportagem, por mim podia tirar mais uns tres titulos ainda, ai seria justo pelo que ele fez.

  14. E hoje estão de volta as entrépidas efemérides… Que estão bem alternativas !!!!!

    Afinal é aniversário de John Squire, guitarista do The Stone Roses, principal banda da cena rock inglesa do fim dos anos 80 e início dos 90… Responsável pelo começo do movimento conhecido como “Madchester”

    É aniversário de Clem Burke, baixista do grupo Blondie, liderado pela coelhinha (?) da Palyboy Debbie Harry, que fazia seus shows chapada e quase nua…:mrgreen:

    Balada na casa Tony Rombola, guitarista do Godsmack, banda fundada por Sully Erna, conhecido vocalista, letrista, frontman e feiticeiro celta (?)… É o maluco beleza deles !!! :mrgreem:

  15. De invasão de Ferraris a videogame gigante: São Paulo respira Fórmula 1 nos preparativos para o GP do Brasil

    Ruas da cidade recebem série de intervenções da Raízen dias antes da corrida

    Enquanto o domingo, 27, não chega e os motores não roncam em Interlagos anunciando o início do GP Brasil de Fórmula 1, a Raízen – que estreia na F-1 por meio da marca Shell – promove até o dia da prova uma série de ações em São Paulo para matar a ansiedade dos apaixonados pela categoria.

    Entre os dias 23 e 26 de novembro, das 21h às 1h, os torcedores terão a chance de conduzir um dos modelos da Ferrari em um videogame gigante, projetado nas faixadas de prédios em diferentes pontos da cidade para a diversão dos moradores e visitantes da capital paulista.

    A partir do dia 24 será a vez de mais de 30 miniaturas de carros de corrida da Ferrari, pilotadas por controle remoto, circularem pontos estratégicos da capital. São Paulo sediará a “minicorrida” também nos dias 25, 26 e 27. As ações serão desenvolvidas pela Biruta Mídias Mirabolantes, empresa criada na incubadora do programa Shell Iniciativa Jovem. Imagens da ação pode ser conferida no endereço: http://migre.me/6f2hb.

    As atividades darão sequência à preparação para o GP do Brasil, que recebeu no dia 21 uma homenagem de um dos principais nomes da street art mundial, Binho Ribeiro. Patrocinado pela marca Shell, o artista estampou nos muros da rua 23 de Maio um desenho de uma réplica da Ferrari. O manking of do grafite pode checado no link: http://migre.me/6eDzP.

    Binho Ribeiro é um dos pioneiros deste tipo de arte no Brasil e na América Latina e trabalha para a disseminação da cultura de rua. Seus desenhos contam com um apelo singular de expressão e já foram estampados em embalagens e em campanhas publicitárias de outras marcas famosas.

    Acompanhe abaixo a programação das ações promovidas pela Raízen.

    Videogame Gigante

    Data: de quarta-feira (23/11) a sábado (26/11)
    Horário: das 21h às 1h
    Locais:
    – 23/11: Rua Apeninos
    – 24/11: Rua Mario Ferraz e Rua Joaquim Floriano
    -25/11: Rua Pinheiros, Rua Maria Antonia e Rua Funchal
    – 26/11: R.Jucelino Kubistichek, 133, Av. Berrini e Rua Aspicuelta, 475

    Invasão de Ferraris

    Data: De quinta-feira (24/11) a domingo (27/11)
    Locais e horários:
    * 24/11
    – 11h às 14h na Av. Paulista
    – 16h às 19h no Vale do Anhangabaú
    * 25/11
    – 11h às 13h30 na Av. Faria Lima
    – 14h30 às 16h na Av. Berrini / Chucri Zaidan
    – 17h às 19h na Rua Olimpíadas
    * 27/11
    – 7h às 13h no Autódromo
    Staff: 36 promotores e quatro coordenadores para 36 miniaturas da Ferrari (réplicas da F1)

    Patrocínio motorsport – Raízen
    A Raízen é a empresa resultante do processo de integração dos negócios da Shell e Cosan. Está entre as cinco maiores companhias do Brasil em faturamento. Com 24 usinas, tem capacidade de produção de 2,2 bilhões de litros de etanol por ano, 4,4 milhões de toneladas de açúcar e têm 900 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana. A Raízen possui 53 terminais de distribuição e comercializará aproximadamente 22 bilhões de litros para os segmentos de transporte e indústria e para a sua rede formada por 4.500 postos de serviço com as marcas Shell e Esso.

    Por meio da marca Shell, a empresa está presente nas principais categorias do automobilismo mundial, incluindo a Fórmula 1. No Brasil, a Raízen anunciou a entrada da Shell na Stock Car e o fornecimento de etanol para todos as equipes da prova.

    Para mais informações:

    Assessoria de Imprensa Raízen para a F-1
    Cajá – Agência de Comunicação
    (21) 2217-1400

    Elisângela Mendonça – elisangela@caja.com.br
    Leonardo Salles – leonardo.salles@caja.com.br
    Flávia Clemente – flavia@caja.com.br

  16. Nao, nao voltei ao blog…foi a pedidos de uma amiga de muitos aqui, jornalista.

  17. GD,aparecendo aqui no buteco,e agora vocês da FUFA estão querendo fazer uma nova categoria,eu assim como o Marcin,não tenho condições para entrar na “possível” 1ª temporada da Nova FUFA.
    Será que vamos ter um novo Dick Vigarista,um Proctologista,um grande 1B
    Haja Coração😀 [Tranks GB]

  18. E a agonia brasileira na F1 continua!
    Massa não consegue ser mais rápido que Malonso nem em interlagos, seu (agora deposto) reduto.
    Bruno Senna tomou tempo do reserva (Grosjean) e do titular, Petrov (full-pack).
    Gonçalves pode estar se despedindo do Brasil com chave, ficando atrás de Maldonado.
    Senti firmeza. Agora os brazucas vão… pro buraco, de uma vez por todas!

  19. Eduardo Casola Filho

    Combinação dos tempos

    1 – Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) – 1m13s292 (55 voltas)
    2 – Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) – 1m13s559 (69)
    3 – Mark Webber (AUS/RBR-Renault) – 1m13s587 (67)
    4 – Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1m13s598 (61)
    5 – Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – 1m13s723 (66)
    6 – Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1m13s750 (73)
    7 – Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) – 1m13s787 (61)
    8 – Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1m13s872 (71)
    9 – Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) – 1m14s144 (41)
    10 – Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) 1m14s807 (79)
    11 – Vitaly Petrov (RUS/Renault-Lotus) – 1m14s856 (38)
    12 – Bruno Senna (BRA/Renault-Lotus) – 1m14s931 (69)
    13 – Sergio Pérez (MEX/Sauber-Ferrari) – 1m14s970 (67)
    14 – Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) – 1m15s019 (76)
    15 – Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) – 1m15s178 (28)
    16 – Sebastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) – 1m15s264 (44)
    17 – Jaime Alguersuari (ESP/STR-Ferrari) – 1m15s388 (70)
    18 – Romain Grosjean (FRA/Renault-Lotus) – 1m15s547 (18)
    19 – Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth) – 1m15s663 (67)
    20 – Pastor Maldonado (VEN/Williams-Cosworth) – 1m15s679 (70)
    21 – Jean-Eric Vergne (FRA/STR-Ferrari) – 1m16s052 (33)
    22 – Jarno Trulli (ITA/Lotus-Renault) – 1m16s298 (36)
    23 – Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Renault) – 1m16s338 (81)
    24 – Luiz Razia (BRA/Lotus-Renault) – 1m17s595 (31)
    25 – Jerome D’Ambrosio (BEL/MVR-Cosworth) – 1m18s031 (68)
    26 – Timo Glock (ALE/MVR-Cosworth) – 1m18s051 (74)
    27 – Daniel Ricciardo (AUS/Hispania-Cosworth) – 1m18s367 (75)
    28 – Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania-Cosworth) – 1m18s476 (42)
    29 – Jan Charouz (TCH/Hispania-Cosworth) – 1m19s577 (37)

  20. Euclides Palhafato (Perro de Cofap)

    1 Sebastian Vettel – Energético-de-testículo-bovino-Renault
    (Diferente do resto do mundo, o bochechudo não foi (tão) festejado ao sair do carro e não tinha quase ninguém pra ver a repetitiva e sem graça cena do dedo – o bigatão nem sabia pra quem mostrar o dedo, ficou lá: sobe, desce, que nem um escoteiro brincando com um canivete automático, o campeão mais sem graça que já vi, nem raiva ele é capaz de me despertar, esse moleque. É isso aí. Brasil dando aula de como se retribui a arrogância)

    2 Mark Webber – Energético-de-testículo-bovino-Renault
    (Aaaah, se fosse o Barrica com esse carro…)

    3 Jenson Button – McLaren-Mercedes
    (Boa, colocou o Alonso no bolso)

    4 Lewis Hamilton – McLaren-Mercedes
    (Foi mal, era obrigação superar o novo Prost)

    5 Fernando Alonso – Ferrari
    (Lhe falta ânimo, e não entendo, corre na equipe mais bajulada, tem um escudeiro, é o mais bem pago, mas parece que nem estava acelerando tudo, vai ver era medo de bater, acho que o Alonso devia se aposentar. Fora seu conhecimento, não sobra nada, perdeu toda aquela razoável agressividade que ele tinha, que temporada horrível: superado várias vezes pelo Massa; volta e meia precisa da velha sabotagem interna pra superar o cabelo de anjo…. lamentável – é o fim do Horácio. Triste que pilotos de grande técnica, mas sem alma, zumbizões, como esse cachorrinho basset, corram assim, broxadões, só pq o campeonato já acabou.)

    6 Nico Rosberg – Mercedes
    (Merecia uma McLaren ou uma RedBull, e não essa equipe suja, corrupta e roubada da Honda, num golpe de mestre do crime, do nojento peixe-boi beiçudo. Diferente do covarde Mishurucher, que só se arrasta e só engana, fingindo que o carro não está bom, ele tenta sempre, se esforça, merece coisa melhor)

    7 Felipe Massa – Ferrari
    (aconselha Barrica a parar, mas não aconselha Shummacher a parar, e também não o aconselhou a não ter retornado. Quem é esse cara pra aconselhar alguém? Tudo bem que isso é pergunta de reporter bostelho, né? Aí o cara responde… responde pq é cocosento. Eu falaria: “O Rubinho que sabe… próxima pergunta”. Cada dia mais cocô, Massa nunca teve carisma, e nunca compensou isso com bravura. Tem um baita carro e fica bicudinho)

    8 Adrian Sutil – Force India-Mercedes
    (Pra alguns era um gênio. Os recente couros que levou do Paul di Ano deixaram seus fãs sem palavras. Com esse ótimo carro, uma quase McLaren, obteve a posição que já era sua, mesmo. Pra mim, se o piloto é alemão, é fajuto – o Nico é filho da Finlândia, embora bastardo)

    9 Bruno Senna – Renault
    (Muito bem. Impressionante! Não achava que seria capaz de largar nessa ótima posição. Diferente do piloto mais covarde de todos os tempos, o Mishurucher, ele colocou seu carro na pista, mesmo sem pneus novos, porque tem dignidade, é um piloto de verdade)

    10 Michael Schumacher – Mercedes
    (“Cococococó- cococó, eu sou uma galinha com queixo… cóoo”. Querem proibir pros classificatórios do ano que vem, ou já se decidiu, não sei, essa estratégia fraudulenta, esse anti-esporte de não correr, essa bixice de ficar coçando o cuzinho com o décimo lugar garantido. Só vão proibir isso porcausa da covardes como esse cara. Era mais fácil proibir a entrada de pilotos covardes na F1, se resolvia o problema)

    11 Paul di Resta Force India-Mercedes
    (Com uma McLaren B, tá fraco. Poderia ter desbancado o pangaré Mishurucher, que se arrasta, não corre, e ido pro Q3)

    12 Rubens Barrichello Williams-Cosworth
    (Simplesmente o cara superou 5 carros melhores que o dele. Com a pior Williams de todos os tempos, ele esmigalhou dois super carros, com aerodinâmica da RedBull e propulsão da Ferrari, estraçalhou outros dois propulsores Ferrari, e retalhou uma super Renault. Imagina o que ele estaria fazendo na McLaren ou na RedBull, e imaginem se o campeonato iria estar essa mamata pro bochecha… ts, ts…. esses chefes de equipe só entendem de riquices, mas dada sobre pilotos. Deve sim aceitar qualquer equipe para o ano que vem, se a Williams o rejeitar. Massa não sabe de nada. Se eu fosse Barrica, aceitava até a Virgin, só pelo prazer de ultrapassar o queixudo com um carro não só apenas bem pior que o dele, como já fez esse ano, mas com um carro muitíssimo pior, pra deixar claro para o mundo a diferença entre pilotos e farsas.)

    13 Jaime Alguersuari – STR-Ferrari
    (Tá aí uma vaga para o Barrica. Pilotinho muito ruim, tem dó!)

    14 Sebastien Buemi – STR-Ferrari
    (Tá aí…tira par ou impar com o modelinho de passarela pra ver quem vaza, e passa a vez pro Barrica)

    15 Vitaly Petrov – Renault
    (Quem te viu, quem te vê, Javier Barden.)

    16 Kamui Kobayashi – Sauber-Ferrari
    (Não dava pra andar mais que o Ultra-Barrica na sua casa, mas pelo menos os dois bostelhos da Toro Rosso ele poderia bater, né?)

    17 Sergio Perez – Sauber-Ferrari
    (Que esse cara tá fazendo aqui? Dá lugar pro Barrica, que o Cachaça tá vindo pra Williams, nos suepreender com sua enorme sorte de quem consegue a proeza de cochilar num F1 e não morrer)

    18 Pastor Maldonado – Williams-Cosworth
    (Posição real da Williams pilotada por um bom piloto. O 12º do Barrica foi fabuloso – suspiro de magia do segundo melhor piloto do Grid)

    19 Heikki Kovalainen – Lotus-Jossa-Renault
    (Estranho demais, como ele consegue sempre ser mais rápido que o Trulli. Acho que o conhecido talento do ótimo Trulli deve estar atrofiado, Vai ver a equipe segue aquela prática econômica do peixe-boi Brawn, aprendida na Ferrari e aperfeiçoada na equipe que ele roubou dos japoneses, de cuidar bem de um carro, e dar um tapinha no outro.

    20 Jarno Trulli – Lotus-Jossa-Renault
    (É isso: o Kova saiu na frente e desde então o time cuida bem do seu carro, e da uma garibada no carro do Trulli, economizando alí uns trocados, pro café e pro pãozinho. Só pode ser!)

    21 Vitantonio Liuzzi – HRT-Bosta-Cosworth
    (Esse tb é top. Pilotão. Além de ser, com ampla vantagem, o cara mais presença, com sua genuína feição ‘gangsta’. Tem os que são de fato ladrões, e os que tem a classe dos mafiosos de filme, como o Liuzzi. Merece carro melhor, tb.

    22 Daniel Ricciardo – HRT-Bosta-Cosworth
    (sei lá quem é, faz tempo que tá aqui?)

    23 Jerome d’Ambrosio Virgin-Entulho-Cosworth
    (Jerome spoke in class today: “Urru!” Tava vendo, como é que ele entrou na F1 se na GP 2 teve resultados tão horríveis? Seria o olho azul? Que nem o Jôsuares, lá?)

    24 Timo Glock – Virgin-Entulho-Cosworth
    (Timo …. me lembra: Timão, eôoooo, Timão, eôooooo, amanhã é nois!!!!!!!)

  21. Cavaleiro que diz ní

    Essa loirinha tem uma boquinha… que tarada! Ah, o que eu ia falar mesmo? Cheguei atrasado aqui, mas devo dizer que é um ótimo post. Valeu!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: