Cirilo


Hamilton e a dura realidade

Tensão…Apreensão…Frustração…É o que se vê nessa foto…

que geram:

Insegurança…Medo…Más decisões.

É o que parece estar acontecendo com Lewis Hamilton, o Cirilo do SBT.

Hamilton é, para quem entende um mínimo de F1, um excelente piloto. Isso porque já vimos no passado o que ele pode fazer. E realmente fez. Foi campeão da GP2 com o Nelsinho fungando no cangote dele a temporada toda. Teve sorte que o Nelsinho meteu os pés pelas mãos naquele ano (ganhou provas sensacionais, saindo em último…mas tb quebrou várias vezes por meter o pé embaixo além do limite…e não pontuou). Mas manter o mesmo nível de pilotagem está se mostrando um problema e tanto para o nosso Tiger Woods da F1…

Acontece. Bastante. Já aconteceu e continua acontecendo: De Cesaris, Arnoux, Alesi, Brundle (o Brundle é um caso à parte)… O cara é campeão disso, depois campeão daquilo, etc…daí vem alguém e diz pra ele: “Vc é o melhor de todos!”. Depois de acertar algumas, aquilo não soa tão estúpido assim. “Talvez eu seja o melhor mesmo…”, pensam eles. Muitos pilotos (inclusive os bons) já pensaram assim. É normal, levando em conta que eles ganharam tudo antes de entrar na F1.

Mas apenas alguns poucos estão certos. E, as vezes, descobrimos que não é bem assim…

Cirilo em um kart

Hamilton começou ganhando tudo, ou quase tudo (kart, F3, ou GP2, ou essa categorias de base), exatamente como Senna, Hamilton, Vettel, Schumacher, Alonso…e tb Arnoux, Patrese, Villeneuve, Jean Alesi, Montoya e tantos outros que não foram adiante. O Martin Brundle bateu um monte de recordes por onde passou, o problema é que o Senna bateu os recordes dele logo em cima. Foi tão rápido que não deu nem pro cara comemorar, hahahah….Que azar da peste; ser contemporâneo do Silva…

O que diferencía os Sennas e Vetteis da vida dos Arnouxs e Alesis da vida é….ganhar! Não é pelo talento em sí, mas tb por saber como administrar a carreira, isto é, tb estar no lugar certo na hora certa e no carro certo. Isso não é sorte, é boa administração!

Mas é assim que funciona.

Lewis está naquele momento da carreira em que ele se tocou de que não é o melhor do mundo. Nem perto. Ganhou um título de F1 (contra Felipe Massa), merecido, diga-se de passagem…mas a era Hamilton não emplacou. Não deu…Pq será?

Existem aqueles que “estão” melhores no momento. E se o carro ajuda, dane-se. Piquet nunca tentou provar pra A ou B que ele era o melhor piloto do mundo, nem o Senna. Eles queriam era ganhar. Com um carro melhor? Pq não? Piquet sempre confiou no próprio braço, mas tb confiou nos seu talentos mecânicos para desenvolver o melhor carro, dirigi-lo e ganhar corridas com ele. Senna, que não era mecânico, nunca tentou fazer o que não sabia… fez muito bem em ir para a Williams, que tinha o Newey e o melhor carro. Condená-lo por ter ido para a melhor equipe dirigir o melhor carro não é justo.

Lewis fez o dele. Piloto excelente. Veio dos projetos de base da McLaren (assim como Vettel veio dos projetos de base da RBR), correspondeu ao esperado,foi segundo colocado na sua temporada de estréia (2007), foi campeão mundial logo na sua segunda temporada (2008). E ainda por cima, era o piloto mais jovem a ter sido campeão. Mas aí…

Tudo parecia um conto de fadas. Foi tudo muito rápido! Até que o sonho começou a virar pesadelo no ano seguinte…

difusor duplo

Sim, pq ninguem poderia ter previsto o que aconteceu em 2009. Ross Brawn, o maestro do Queixudo na Ferrada, comprou o espólio (o que restou) da Honda, tirou um difusor duplo do bolso, e papou a temporada de 2009, a maior surpresa que o velho Trapi já viu na vida!

“Tudo bem, foi só um golpe de sorte”, pensou ele. E foi mesmo, sem tirar o mérito do Button, que guiou o fino. Mas depois…

O fantasma mudou de nome; passou a se chamar RedBull. E Dr. Vettel, o proctologista…Um garoto que, como ele, tb começou nos programas de desenvolvimento da RBR, mas cagou de estar na hora certa, no momento certo e no carro certo!

Será que na temporada de 2012 alguém vai tirar um “coelho da cartola”, como fez o Brawn em 2009? E acabar coma festa do Vettel? Pouco provável, mas tb pensávamos assim em 2009. E se rolar? Vettel ficará conhecido como um que “morreu na praia”? Difícil, uma vez que o bochecha já mamou 2 títulos mundias, o que o fez se igualar à outros feras da história da F1. Já o Cirilo, com apenas 1 título, se igualaria à quem? Jody Scheckter? Button? Nigel Mansell? Muito pouco para as suas pretenções. E é aí que mora o problema: Ele achou que iria ganhar tudo. Se preparou para tal e agora a realidade se mostrou outra.

Suas reações aos problemas que ele enfrenta, demonstram uma falta de maturidade incrível! Senna cometeu vários erros durante a sua carreira, mas nunca ficou procurando culpados pelos seus erros. Fez merda como todos fazem, e aquilo só serviu para motivá-lo a melhorar sua pilotagem. E deu no que deu: Um dos melhores pilotos da história da F1. Fittipaldi tomou volta do líder e, ao invés de culpar alguém, percebeu que havia algo que poderia ser melhorado. Piquet começou por baixo e, ao invés de culpar a equipe, resolveu ele mesmo mudar a situação.

Esses caras tinham bala-na-agulha…talento nato.

Mas se vc cresce acreditando que vc é “o proximo melhor do mundo” e as coisas não saem como o planejado, vc fica sem saber o que fazer…E, no caso do Vettel, em que as coisas realmente sairam com o planejado, aproveite enquanto podes, bochecha…Aquela rodada em que ele estava sob pressão do Button não caiu muito bem para um campeão!

Hamilton fez a pole no GP da Coreia do Sul e a sua reação? Fria, desmotivada. Parecia que tinha acabado de perder o campeonato…É claro, pelo menos para mim, que ele foi “criado” para ganhar campeonatos, não corridas. Piquet, Senna, Villeneuve, etc…esses caras gostavam mesmo era de ganhar corridas. Dirigir. Pilotar, superar os adversários. O campeonato era apenas uma consequência de ganhar corridas. Nada era mais legal do que cruzar em primeiro.

Cirilo, tú é bom, mas tu não é nada de mais.

(recado ao Vettel): Vettel, tú tb é bom, mas tb não pode se considerar nada demais. Opa, eu sei…tu tens 2 títulos…Mas na verdade, vc é o Cirilo que deu certo…por enquanto.

Abs

por Trapizomba, o exigente

Publicado em outubro 18, 2011, em Automobilismo, F1 e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 40 Comentários.

  1. Esse post vai dar o que falar. Antes do próximo post sair da forma já teremos várias insinuações que o Trapi foi racista e discricionário. Mas que o Cirilo perdeu o varetão da vista, isso ele perdeu.
    Chato nisto tudo é perceber que o caneloni não merece nem um texto assim, de tão apagado que ele está (com algum desconto para a última corrida, onde ele peitou o espanhol trapaceiro e não fossem as falcatruas da estrebaria ele se enroscava com o queridinho do santander mas não sairia da frente. Mas ordens são ordens e banco do do chefão investigado determinou à ferrada que quem anda na frente lá é o bracito curtito. Por mim, podem trocar o vermelho sangue por rosa choque, pois a vida não se resume a ter (ou torcer por) uma ferrari.

  2. um post que diz tudo… completo e muito bem escrito. e o Trapi nao foi em nenhim momento racista, pelo menos eu nao me senti ofendido como post.

  3. Senna Simply The Best

    Muito bom o post, parabéns!!! Só faço uma ressalva, Senna não foi um dos melhores da história e sim o melhor da história!!!!!

  4. li a parte final do texto, depois leio o resto, mas a rodada que o vettel deu sob pressao do butao está até agora entalada na minha garganta, ali disse muito sobre ele. trapi veja o texto do rodrigo mattar sobre o piquet, sei q vc vai gostar. vê se larga a doença do bidart.

  5. O texto está muito bem “pensado”, falando em Cirilo desclinante e Bochecha Zarpante. Mas na boa, entendo o Cirilo muito bem, ele tem um temperamento muito forte e desafia o que nem imagina que possa quando ta dentro do cockpit. Erro é normal e o declinio dele vem junto com o declinio das equipes com o temor do dominio da RedBull.

  6. Né… o bicho se acha o cara, ja se comparou ao Silva, pensa que eh Pop Star, falta só andar de salto e brinco.

    Pra mim é uma bichona, auehauehuaheuhaueuae

  7. O bochecha tem q mostra uma boa defesa de umas 40 voltas, pra tira a marca dakela escorregada no quiabo q ele deu no canadá.

  8. Vettel e Buttones na Coreia, andando no mesmo ritmo:

  9. Depois de alguns momentos tristes no esporte nos últimos dias… Hoje o dia merece uma efeméride é especial… Afinal é aniversário do cantor, compositor, mestre da guitarra e… Pai do Rock´n Roll…
    Parabéns Chuck !!!!!!

  10. Hamilton pode ter perdido a obsessão de correr.
    Durante vários anos, ele deve ter se perguntado como seria chegar à formula 1 e ser campeão. Logo no ano que estreou, pilotou igual a um fora de série. No ano seguinte, idem, e foi campeão.
    Talvez, depois disso, ele tenha perdido o seu grande objetivo, simplesmente pq o conquistou. E, desde então, ficou sem um motivo para continuar correndo e batalhando.
    Digo isso pq a diferença de pilotagem do Hamilton 2007/2008 e do Hamilton 2009/2011 é gritante. Algo aconteceu na cabeça dele.
    Mas, seja lá o que for, falta-lhe maturidade. Falta maturidade para enfrentar o problema. Falta-lhe maturidade para contornar as coisas e pilotar de forma razoável, sem se envolver em problemas. Falta-lhe maturidade para assumir as responsabilidades pelos erros que comete.

    • O que aconteceu. foi que em 2009 o difusor duplo acabou com a festa dele. E em 2010, a RBR entrou na parada, dai’ fudeu (ou fodeu). E de novo em 2011, quer dizer, um hiato de 3 anos da “era” Hamilton…

      Me cheira a Arnoux, esse Cirilo…

  11. Euclides Palhafato (Perro de Cofap)

    Não dá pra comparar. Hamilton é muito melhor que Vettel. Comparem Vettel com outros rapazes de sorte, como o Mishurucher, como o Zagallo, como o Botafogo campeão em 95, enfim: esportistas que jamais foram os mais talentosos, mas que tiveram muita sorte, muita ajuda, muita coisa acontecendo de bom, não por si mesmos, não vitórias pessoais, mas de conspiração do universo. Talentoso com sobras é o Alonso, esse sim comparável ao Hamilton, ainda que seja pior. Fora de série, mesmo, e com carro bom, só Hamilton e Alonso, atualmente. Vettel tem um super carro, e somente confirmou o título que se não fosse dele, seria de qualquer outro que alí estivesse. Agora, fora de série com carro porcaria tem só mais dois: Kobayashi e Barrichello, ambos muito melhores que Vettel. Fazer pole com um carro muito melhor que os outros, abrir vantagem e não errar é simples. Mischuruco fez mil vezes. Nem por isso é fora de série, como está sendo provado a cada GP. Difícil é ter o mesmo carro e não conseguir andar mais que o Button, como o Webber faz. Esse aí não corre com carro diferente do companheiro, como Barrichello na Ferrari; não tem o carro preso na largada sobre um cavalete, não tem pitstop 7 segundos mais lento que o companheiro; não teve que ceder seu carro para o companheiro que bateu nos treinos; não tem que brecar pro companheiro passar, e mesmo assim pena.

    • Euclides Palhafato (Perro de Cofap)

      E não digam que na Brawn o Barrichello tb não conseguiu ser vice-campeão, assim como Webber, pois as coisas eram diferentes. Seu carro era descuidado, largado, soltava mola, a equipe tinha um super-carro zerinho, tudo em cima, e um super-carro caindo aos pedaços, o do Barrica. A RedBull, não, eles tem dois iguais. Nenhum solta mola, nenhum fica na largada por falta de mão de obra. Nem vem!

      • Euclides Palhafato (Perro de Cofap)

        Se tivessem investigado o mola-gate, a coisa seria tão suja que o título do Button ia ter de ser caçado. Sabotagem da mais pura, sem versões, sem desculpas, sem dúvida, sem vergonha. Barrica voava e foi sabotado pra não entrar definitivamente na disputa pelo título. Pra equipe interessava um barrica lá atrás, afinal era sabido que largando em último ele ia mesmo passar todo mundo. Não queriam confusão, e preferiram sabotar do que demitir, o que escancaria o favorecimento ao Jenson. Sujeira mais feia, só na Ferrari. Ross Brawn não vale o troço que despeja na privada.

      • Um detalhe tb a respeito do carro do barrica qdo ele estava na Brawn: os freios do barrica eram de outro fabricante e deram problemas em mais da metada da temporada. Foi uma sacanagem premeditada. Ganharam dinheiro em cima do barrica para desenvolver os freios de uma empresa que não tinha know-How suficiente para equipar a bagaça e a bomba foi dada de presente pro brasileiro que não desiste nunca.

        • Negativo o que acontecia é quando era honda eram dois fornecedores de freios cada um usava uma marca quando a honda virou brawn gp button já estava contratado ai resolveram usar apenas fornecedor de freio ou seja de button pq rubens não sabia se iria correr como o estilo de pilotagem de button era diferente do de rubens ele sofreu até se acostumar com freio que button usava isso atrapalhou muito rubens

  12. Euclides Palhafato (Perro de Cofap)

    E sobre Button, que está andando bem e pode ficar com o vice, é aquela coisa Prost, correr meia-boca e chegar em segundo, se der, vencer. A tosca regra de pneus podres, o favorece. Favorece os Prosts, que andam “direitinho”. Prefiro o cara que corre tudo que pode, as vezes passa do limite, mas nunca alivia.

  13. Prost era um fera que correu no meio de feras.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: