Momentos Históricos da Formula 1 – GP de Monza 1971


Fala rapaziada,

Como um aperitivo para a próxima corrida em Monza, falaremos hoje de uma corrida HISTÓRICA! O GP de Monza de 1971.

Domingo, a 5 de setembro de 1971, foi um dia quente, ensolarado e seco. Fazia um ano que o austríaco Jochen Rindt tinha morrido na curva Parabolica de Monza, para se tornar o primeiro campeão do mundo Póstumo na história dos Grandes Prémios. 

Jackie Stewart

 O campeonato de 1971 já tinha sido decidido na rodada 8, o Grande Prêmio da Áustria realizado em Zeltweg, onde Jackie Stewart em um Ford Tyrrell tinha ganhado o título. Mas a corrida para o campeonato de construtores não tinha sido concluída, apesar da equipe Tyrrell elf ter obtido uma vantagem confortável. Após o Grande Prêmio da Alemanha, Peter Gethin, filho de um jóquei campeão britânico e depois da morte de Bruce McLaren em junho de 1970, foi “aliviado” do assento # 2 da equipe Colnbrook, por mau desempenho. Anteriormente, em 1971, um cockpit BRM tinha se ficado vazio, quando o mexicano Pedro Rodriguez pereceu em uma corrida de carros esporte alemão em Nuremberg, dirigindo um Ferrada. Gethin pegou a vaga na Yardley BRM. Nos treinos livres, Gethin tinha ficado apenas com o 11 º lugar ,apenas um pouco mais rápido que seu companheiro de equipe, Dr. Helmut Marko com a BRM P153, enquanto que o britânico estava dirigindo o tipo P160 novo.

Gethin, Cevert & Peterson

Depois de Jackie Stewart (Tyrrell Ford) e ambas as Ferraris de Jacky Ickx e Regazzoni Clay saírem do Grande Prêmio da Itália 1971 por quebra nos motoreis ainda no primeiro terço de corrida de 55 voltas, a maioria das voltas de liderança foram feitas pelo sueco Ronnie Peterson em um Ford March, no total 23. Mas as mudanças foram incontáveis, também teve Chris Amon com a Matra, François Cevert na Tyrrell Ford 2, Mike Hailwood, em uma Ford Surtees, Jo Siffert (BRM), e, antes de suas desistencias, Regazzoni e Stewart saborearam a primeira posição.

Ronnie Peterson

A segunda metade do Grande Prêmio da Itália foi dominada por um grupo com Amon, Peterson, Cevert, Gethin, Hailwood e Ganley (na BRM 3). Nenhum dos membros deste grupo havia vencido um Grande Prêmio antes, e neozelandês Chris Amon era o piloto mais experiente deles. Mas antes que ele pudesse ir para a liderança de novo, ele perdeu a viseira de seu capacete, começou a perder posições e estava fora da disputa.Durante a última volta, Cevert era o  primeiro, depois Peterson roubou a liderança antes da última curva, a Parabolica. Mas, enquanto Peterson sofreu com um escapamento quebrado, Gethin tinha conseguido a vantagem com uma excelente aceleração de seu motor V12. Na Parabolica, ele freou mas tarde que  todos os seus rivais, daí ele desligou o rev limiter para bater Peterson por 1 / 100 de segundo. Foi a chegada mais apertada em Grandes Prémios até agora, os 5 primeiros carros estavam dentro do mesmo segundo. Um momento HISTÓRICO!

Gethin & Peterson

 

Até hoje não se sabe ao certro qual corrida foi a que terminou mais apertada, Monza 1971 ou Jerez 1986, onde Nigel Mansell na Williams Honda foi batido por Ayrton Senna em um Renault Lotus por 0,014 segundo. Os sistemas eram muito diferentes para se chegar a uma conclusão final.

Peter Gethin

Para Peter Gethin foi o triunfo da sua vida e também estabeleceu o recorde de velocidade média em GPs, com a média de 242,615 kmh. Ele guiou um total de 30 Grand Prixs, a última corrida em 1974 na Grã-Bretanha com um Ford Lola da equipe Graham Hill Embaixada. Em meados dos anos oitenta tornou-se o gerente da equipe Toleman (mais tarde rebatizada de Benetton) para uma estrela em ascensão do Brasil: Ayrton Senna.

Abaixo o video sem narração, mas com muita emoção.

 

Por Trapizomba, Il ragazzo che le ragazze amano

Publicado em setembro 7, 2011, em Automobilismo, F1, Momentos Históricos e marcado como , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 67 Comentários.

  1. Em momento algum o texto fala de Émerson Fittipaldi. Onde estava o rato nesta carrera?

  2. Eduardo Casola Filho

    Tava faltando alguma coisa mesmo, foi a corrida em que o Emerson usou a Lotus Turbina. Mas não apareceu muito na corrida e acabou em 8º

    Mas foi uma corrida fantástica! E não precisou de narração mesmo!

  3. Eduardo Casola Filho

    ExcRusiva: Lola pensa em voltar a F1! Lá vamos nós!

    http://autosport.aeiou.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=as.stories/99653

  4. Euclides Palhafato (Perro de Cofap)

    http://www.lancenet.com.br/formula1/Monza-Pirelli-limitar-cambagem-pneus_0_550144999.html

    Bem que as rodas da frente pareciam mesmo de cadeira de rodas de atleta, mas não só da RedBull, mas de todas as que estavam na frente.

    Pra Monza, só espero que o Barrica retorne ao que é, e deixe pra tras o desastre recente. Do resto, não há mais esperanças. Bochecha campeão, não vai adiantar impedir a cambagem cadeirante.

  5. Bem Fufa,lhes venho com algumas excRusivas à serem expostas:
    1-Estrebaria fazendo a festa no quintal dos Touros Vermelhos

    2-Disgrassi testando os sapatos que serão utilizados em Monza

    3-NASCAR faz homenagem às vitimas dos ataques de 11/9 ou 9/11 como é expressado nos EUA

  6. Eduardo Casola Filho

    ó um trailer para o GB narrar as corridas do Lalli!

    http://wtf1.co.uk/post/9913765797

  7. Agora virou guerra de cópia de blogs.
    F1SC,FG e Ico,postram material sobe o GP da Itália de 1971.
    Agora o Rafael Lopes,posta a mesma coisa que o Speeder_76 em seu blog.Dessa vez o alvo é o GP da Itália de 2001.
    E eu pensava que os Blogueiros eram irmãos que viviam ajudando uns a outros

    • Eduardo Casola Filho

      Douglas, há fatos que são noticiados que precisam ser repercutidos. Isso ocorre em todos os blogs, muitas vezes dá esta impressão, afinal é um trabalho de noiciário em conjunto. Por exemplo, todos vão falar da corrida de domingo, mas ninguém vai plagiar um ou outro.

      Se a informação veio de um blog, op nosso compromisso é confirmar a fonte. Fora isso, a gente fala o que der na telha, conforme o dia. Se outro falou, paciência!

      • Não peguei nada do blog do FG…Pra falar a verdade, a idéia do post veio quando eu vi o vídeo (o mesmo vídeo do FG) no blog do Ico. Mas o Ico não falou nada sobre a corrida, só o que todo mundo já sabia: que o final tinha sido apertado. Daí Trapizomba, o clássico, resolveu pesquisar e destrinchar a corrida para deleite dos amantes da velocidade sem chicanes.

        Um post HISTÓRICO!!!!!!!!

    • Vou entrar na conversa sem pedir permissão. Eu não visito todos os blogs por absoluta falta de tempo e de saco tb. Então, se uma notícia aqui for copiada do Speeder ou do Ico, para mim ela é bem vinda, pq eu não leio o blog deles. Nada contra, mas não leio, não dedico tempo a entrar lá, então a minha fonte é aqui. Para mim os repetecos serão sempre novidades, embora estes assuntos de 1971 eu já acompanhava, pq sou bem rodado. Desculpe a intromissão.

    • Bicho, as noticias correm por ai, e sao sempre as mesmas.

      O que eu quis foi mostar essa corrida de uma maneira diferente, com os detalhes que nenhum dos outros postou. Como disse o Telo, me tomou tempo, e eu faço isso pra galera curtir. É chato quando, depois de tanto trabalho não remunerado, alguem acusa o escriba de plágio. Aqui no F1SC ninguem plageia ninguem. O que a gente faz é postar a mesma notícia que vc lê em qualquer lugar (até pq, se vc quiser um site que não “plageie”ou copie ninguem, leia o autosport.com, os caras são rápidos…) mas com um toque de descontração, ou como eu gosto de postar, com um toque sacana e alegre (ou HISTÓRICO!!!) que é a cara do F1SC.

      Abs

    • O negócio é ler, quem escreve não importa. Desde que um blog não “copy/paste” um artigo do outro…aí fica feio pacas. O meu post sobre o GP de Monza de 71 foi escrito por mim mesmo, depois de algumas cervas…Daí ter saido tão bom:mrgreen:

  8. Queria ter visto essas corridas…

  9. Eduardo Casola Filho

    Imagina se tivesse Facebook na Independência do Brasil

    http://utilefutil.com/2011/09/independencia-do-brasil-se-existisse-facebook.html

  10. Eduardo Casola Filho

    Primeiro treino! McLaren dominando e brasileiros discretos.

    1. Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1m23.865s 18
    2. Jenson Button McLaren-Mercedes 1m24.786s + 0.921 19
    3. Sebastian Vettel Red Bull-Renault 1m25.231s + 1.366 25
    4. Mark Webber Red Bull-Renault 1m25.459s + 1.594 24
    5. Adrian Sutil Force India-Mercedes 1m26.550s + 2.685 23
    6. Vitaly Petrov Renault 1m26.625s + 2.760 20
    7. Fernando Alonso Ferrari 1m26.647s + 2.782 20
    8. Felipe Massa Ferrari 1m26.676s + 2.811 24
    9. Sergio Perez Sauber-Ferrari 1m26.694s + 2.829 28
    10. Jaime Alguersuari Toro Rosso-Ferrari 1m26.696s + 2.831 15
    11. Michael Schumacher Mercedes 1m26.699s + 2.834 21
    12. Nico Hulkenberg Force India-Mercedes 1m26.826s + 2.961 21
    13. Rubens Barrichello Williams-Cosworth 1m26.836s + 2.971 25
    14. Kamui Kobayashi Sauber-Ferrari 1m26.996s + 3.131 29
    15. Pastor Maldonado Williams-Cosworth 1m27.365s + 3.500 25
    16. Bruno Senna Renault 1m27.385s + 3.520 23
    17. Sebastien Buemi Toro Rosso-Ferrari 1m27.433s + 3.568 25
    18. Nico Rosberg Mercedes 1m27.492s + 3.627 24
    19. Heikki Kovalainen Lotus-Renault 1m29.539s + 5.674 10
    20. Karun Chandhok Lotus-Renault 1m30.148s + 6.283 19
    21. Daniel Ricciardo HRT-Cosworth 1m30.609s + 6.744 27
    22. Tonio Liuzzi HRT-Cosworth 1m30.619s + 6.754 24
    23. Timo Glock Virgin-Cosworth 1m31.052s + 7.187 12
    24. Jerome D’Ambrosio Virgin-Cosworth 1m31.899s + 8.034 22

  11. – Filho da puta é adjunto adnominal, quando a frase for: ”Conheci um político filho da puta”.
    – Se a frase for: “O político é um filho da puta”, daí, é predicativo.
    – Agora, se a frase for: “Esse filho da puta é um político”, é sujeito.
    – Porém, se o cara aponta uma arma para a testa do político e diz: “Agora nega o roubo, filho da puta!” – daí é vocativo.
    – Finalmente, se a frase for: “O ex-ministro, Alfredo Nascimento, aquele filho da puta, desviou o dinheiro das estradas” daí, é apôsto.
    Que língua a nossa, não?!

    Agora vem o mais importante para o aprendizado. Se estiver escrito: “Saiu da presidência em janeiro e ainda se acha presidente.” O filho da puta é sujeito oculto…

  12. Tempos do segundo treino. Brasileiros se recuperaram:
    1º – Sebastian Vettel (ALE) Red Bull-Renault – 1m24s010
    2º – Lewis Hamilton (GBR) McLaren-Mercedes – 1m24s046
    3º – Michael Schumacher (ALE) Mercedes – 1m24s347
    4º – Felipe Massa (BRA) Ferrari – 1m24s366
    5º – Fernando Alonso (ESP) Ferrari – 1m24s433
    6º – Mark Webber (AUS) Red Bull-Renault – 1m24s468
    7º – Jenson Button (GBR) McLaren-Mercedes – 1m24s508
    8º – Sergio Perez (MEX) Sauber-Ferrari – 1m25s097
    9º – Kamui Kobayashi (JAP) Sauber-Ferrari – 1m25s182
    10º – Bruno Senna (BRA) Renault – 1m25s325
    11º – Vitaly Petrov (RUS) Renault – 1m25s450
    12º – Adrian Sutil (ALE) Force India-Mercedes – 1m25s496
    13º – Paul di Resta (GBR) Force India-Mercedes – 1m25s683
    14º – Jaime Alguersuari (ESP) Toro Rosso-Ferrari – 1m25s758
    15º – Rubens Barrichello (BRA) Williams-Cosworth – 1m26s202
    16º – Pastor Maldonado (VEN) Williams-Cosworth – 1m26s353
    17º – Sebastien Buemi (SUI) Toro Rosso-Ferrari – 1m28s347
    18º – Jarno Trulli (ITA) Lotus-Renault – 1m28s559
    19º – Heikki Kovalainen (FIN) Lotus-Renault – 1m28s605
    20º – Timo Glock (ALE) Marussia Virgin-Cosworth – 1m28s804
    21º – Vitantonio Liuzzi (ITA) Hispania-Cosworth – 1m29s162
    22º – Nico Rosberg (ALE) Mercedes – 1m29s184
    23º – Daniel Ricciardo (AUS) HRT-Cosworth – 1m29s622
    24º – Jerome d’Ambrosio (BEL) Marussia Virgin-Cosworth – 1m29s841

  13. Saaalllve!!!!

    Caramba, nostalgia pura… Mike “The Bike” Hailwood, Clay Regazzoni, Cevert (o 1B dos anos 70), Ronnie Peterson (o pilto que imortalizou o famoso “Drift”) e lembrando também do Jochen Rindt, grande piloto e grande campeão, que com certeza seria muito mais vezes campeão se não fosse tão arriscado guiar um F1 naquelas épocas… e o Gênio Fittipaldi que conheceria a gloria definitiva somente no ano seguinte…Sensacional, grande post!!!

    • Sobre os meus maus modos:
      Leio todos os blogs possíveis,pois tenho tempo disponível,e as vezes fica meio chato em períodos pré GP,pois todos os Blogs que eu leio,em especial o F1SC,o FG e o Rafael Lopes que ambos acompanho a quase 2 anos,foram os primeiros que eu tive contato,fazerem resenhas de corridas do passado,em busca de curiosidades e feitos históricos,tentei fazer de manieira humorada um protesto de discordância,e vi que ultrapassei os extremos que acabaram meio que “carregando” o Blog de opiniões duvidosas sobre mim.Agradeço a todos os Fufeiros e vi que vocês são a elite dos leitores e de apixonados pro velocidade.Me desculpem pelo incomodo que causei.

    • Eduardo Casola Filho

      Zoeira. Tamo em casa. Esta história rendeu o que tinha que render. Tudo resolvido!😉

  14. Mais do mesmo,só que a cores! 🙂

  15. Numa cidadezinha do interior, um vendedor precisa pousar lá e vai para o único hotel da cidade, mas que, infelizmente, não tem mais vaga.
    – Dá um jeito, por favor, eu preciso dormir, nem que seja uma cama apenas.
    O recepcionista responde:
    – Olha, tenho um quarto com duas camas, onde está hospedado um sujeito que me disse que gostaria de rachar as despesas com alguém.
    Mas tenho que avisá-lo, ele ronca até não mais poder. Tanto é que os vizinhos me telefonam se queixando de que não conseguem dormir.

    – Sem problema, fico com o quarto, preciso dormir!

    O recepcionista apresenta os hóspedes um ao outro e diz que o jantar está servido, para quem quiser.

    No dia seguinte, o vendedor desce ao restaurante para tomar café e, contrariando as expectativas, está bem disposto..

    O recepcionista pergunta:
    – O senhor conseguiu dormir?
    – Sem problemas!
    – Mas os roncos não atrapalharam?
    – Nada! Ele não roncou nem por um minuto.
    – Como assim?
    – Bom, foi simples, o sujeito já estava dormindo quando entrei no quarto, então me aproximei da cama dele e beijei a bunda dele, dizendo: – ‘Boa noite, coisinha linda’. E o sujeito passou a noite toda sentado na cama me olhando, assustado com medo de dormir.

  16. Sei que o Telo é o cara da parte musical, mas eu precisava compartilhar.
    Deserving Death, esse cara é mais um daqueles talentos que encontramos no youtube, assim como a Anne Graceman, a Yasi, o Marcelo Bressane e as japinhas. Acredito que quase todos que acessam o youtube já devem ter visto o video mais famoso do Corey Vidal, O ApprenticeA. O usuário Deserving Death, é um Alemão faz videos nesse mesmo estilo, entretanto ele já tem cerca de 100 videos, todos feitos nesse estilo. Ainda não sabem do que eu estou falando? Então vejam um pouco do trabalho do cara:

  17. Eduardo Casola Filho

    DJ Suari lançará CD de música eletrônica. O que o nosso consultor musical Telo dirá disso?

    http://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/2011/09/dj-nas-horas-vagas-alguersuari-vai-lancar-seu-cd-de-musica-eletronica.html

  18. Comparação entre o McLaren MP4-12C e a Ferrari 458:

    http://www.automobileindia.com/news/mclaren-mp4-12c-vs-ferrari-458.html

    Foram empatados até o final, daí os “entendidos” deram a vitória pra Ferrada, com certeza pq “era uma Ferrari”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: