Balanço da Temporada: Pilotos


Por Eduardo Casola Filho

Para finalizar o balanço do que ocorreu até aqui, vamos falar dos pilotos, embora estes têm feito menor importância em dados momentos… (Detalhe: nomes completos deles)

O nº 1 até agora

1 – Sebastian Vettel – 234 pontos – 6 vitórias – 8 poles

A primeira posição segue intocável desde o começo do ano. FFFFFFFFettel tem o campeonato absolutamente sob controle. Domina as classificações com soberania e quando dispara na frente ninguém o pega. O único problema do Bochecha, é quando está em uma situação de pressão, seja ele a caça ou o caçador. Ainda falta um tempero emocional onde seja capaz de conseguir ultrapassagens ou de defendê-las. Apesar disto, é o único piloto a conseguir estar em 3 índices de posicionamento. (pontos-vitórias-poles) O ano é dele, mas poderia ter sido melhor do que foi.

2 – Mark Alan Webber – 149 pontos – 3 poles

Fora seu companheiro de equipe, foi o único a conquistar pole-positions, provando a superioridade do carro que tem. Mas Webber não está bem este ano. Terminou somente uma corrida na frente de Vettel, e mesmo com o melhor carro não venceu ainda, aparentando certa apatia. Sua vaga tem sido cobiçada, embora a tendência deve ser sua permanência. Mesmo assim, a sua temporada, mesmo na vice-liderança, tem sido melancólica.

3 – Lewis Carl Davidson Hamilton – 146 pontos – 2 vitórias

Sem dúvida é o piloto mais agressivo da atual geração. Também tem sido um dos mais instáveis. Faz corridas brilhantes, como China, Inglaterra e Alemanha, mas comete erros como em Mônaco e no Canadá. Se conseguir controlar seu temperamento, pode se tornar o melhor piloto da geração, mas é necessária cabeça.

4 – Fernando Alonso Diaz – 145 pontos – 1 vitória

O asturiano é o mais experiente dos ponteiros. Sofreu no começo do campeonato, quando o carro estava aquém das suas expectativas. Á medida que o F150th evoluiu, mostrou que pode brigar com Red Bull e McLaren pela vitória. É um piloto muito perigoso para os oponentes.

5 – Jenson Alexander Lyons Button – 134 pontos – 2 vitórias

O piloto mais gentil com o uso dos pneus tem sido o rei das adversidades. Suas vitórias saíram em corridas de chove-e-seca, mas com atuações brilhantes (Canadá e Hungria). Contudo, teve sequências ruins, como quebras na Inglaterra e na Alemanha. Não é ousado como Hamilton, mas faz o seu dever de casa quando dá tudo certo para ele.

6 – Felipe Massa – 70 pontos

Por mais que se tente confiar nele, tá cada vez mais difícil torcer. Novamente atropelado por Alonso, faz um campeonato apagado, longe dos ponteiros. Tem azares nos pits, mas são consegue ir além da quinta posição. Ser superado pelo espanhol é normal, mas da forma como está sendo massacrado, é triste de ver.

7 – Nico Erik Rosberg – 48 pontos

O filho do Keke tem sido o melhor no duelo interno, fora isso quase nem aparece. Dá trabalho para ultrapassar quando um dos ponteiros está atrás, algumas vezes, um erro de estratégia joga-o para fora dos pontos. Fora isso, o Rosbife é um piloto invisível.

8 – Nick Lars Heidfeld – 34 pontos

Chegou com a difícil missão de substituir Robert Kubica, O alemão até empolgou nos testes, fez um pódio este ano, mas tem errado bastante. A paciência com ele já se esgotou, mas ainda se mantém apenas porque ninguém pagou pelo assento. Este tem que abrir o olho!

9 – Vitaly Aleksandrovich Petrov – 32 pntos

O russo tem sido mais discreto, mas a temporada é parecida. Um pódio no começo do ano, alguns erros. Só não está ameaçado pois a grana russa é vital para a Renault. Como piloto, segue apenas razoável.

10 Michael Schumacher – 32 pontos

Teve alguns lampejos esta temporada do velho Schumi, como na corrida do Canadá, mas sem um carro vencedor, tem apenas feito o feijão-com-arroz, continua levando tempo do Rosbife e dá sinais que a idade tem pesado. Conformou que vai seguir mais um ano. Mas parece mais um adiamento da melancólica passagem pela Ross Racing.

11 – Kamui Kobayashi – 27 pontos

O japa vai mostrando mais regularidade este ano. Chegou entre os 10 primeiros em 8 corridas (na Austrália foi desclassificado). Sofre um pouco em classificações. Mas mantém a sua combatividade que nos encantou e sempre ousa nas estratégias de pits, por isso perde rendimento no fim das corridas. Mesmo assim, Koba-san vai mostrando que sabe das coisas.

12 – Adrian Sutil – 18 pontos

Tem sofrido um pouco na briga interna, mas mantém um desempenho regular. Fez uma grande corrida na Alemanha, mas em outras errou, mas tem mantido uma boa média. É um piloto que poderia andar em um carro melhor.

13 – Sebastién Buemi – 12 pontos

Começou o ano ameaçadíssimo, mas desde o começo do ano tem mantido regularidade e pontuado. Falha em classificações, mas em corrida tem pulado bem. Para uma Toro Rosso, deve ainda se manter um tempo.

14 – Jaime Alguersuari – 10 pontos

É menos regular que Buemi, mas é mais ousado, por isso começou menos ameaçado, mas errou mais e sentiu a pressão, mas reagiu e equilibrou a parada. Tem que terminar na frente da disputa para não se prejudicar.

15 – Sergio Pérez Mendoza – 8 pontos

Em termos de posicionamento, é o melhor novato. Empolgou na corrida australiana, apesar da desclassificação. Cometeu alguns erros, mais pela ousadia da juventude. É rápido e habilidoso. Sentiu um pouco o acidente em Mônaco. Mas ainda creio num futuro promissor ao mexicano.

16 – Paul di Resta – 8 pontos

Outro promissor piloto. o escocês também mostra habilidade, mas também falha pela inexperiência. Tem um talento a mostrar e pode chegar longe. Mas ainda tem chão pela frente.

17 – Rubens Gonçalves Barrichello – 4 pontos.

Rubinho vem sentindo um carro muito ruim e o peso da idade. Ainda sim tem feito esforços supremos, levando o carro onde dá. Salvou os 4 pontos da equipe, mas não está satisfeito. Uma pena que este pode ser o defecho de sua carreira. Quem sabe ele mantenha-se mais um ano.

18 – Pedro Martinez de la Rosa – 0 pontos

Só correu no Canadá, no lugar de Perez. Não cheirou, nem fedeu.

19 – Jarno Trulli – 0 pontos

Apesar de levar tempo quase todas as corridas de Kovaleinen, chegou 2 vezes em 13º. Não está satisfeito com a demora na evolução da Lotus. Já é sinal que o italiano já faz hora extra!

20 – Vitantonio Liuzzi – 0 pontos

Conseguiu um incrível 13º em Montreal, o que o coloca nesta situação. Tem feito alguma coisa com a carroça, mas está ameaçado, mais pelo dinheiro. Qualidade até tem, mas está sem espaço.

21 – Pastor Maldonado – 0 pontos

Apesar da posição ruim, não tem feito corridas tão ruins. O carro é muito fraco, o que o prejudica. Esteve muito perto de pontuar em Monte Carlo, mas foi tirado da corrida por Luisinho. Não tem feito as barbeiragens que fazia na GP2, mas também não encantou ainda.

22 – Jerome D’Ambrosio – 0 pontos

O belga também não é nada do outro mundo, chegou a bombar nos 107% no Canadá, mas correu porque a FIA liberou. é um piloto que vai ser mais um nas estatísticas.

23 – Heikki Kovaleinen – 0 pontos

Já brilhou em algumas classificações colocando a Lotus no Q2, mas tem muitas quebras que o prejudicaram na posição do campeonato. Mesmo assim, tem andado mais que Trulli em condições normais.

24 – Narain Karthikeyan – 0 pilotos

Uma chincane ambulante revivida pela HPV, não pagou o que devia, atrapalhou os ponteiros e já foi defenestrado. Só deverá voltar se a Tata colocar uma graninha para a corrida local, em Nova Déli.

25 – Timo Glock – 0 pontos

É melhor que D’Ambrosio, mas também não fez nada muito especial. A única ambição é ficar na frente das Lotus, mas tá difícil para ficar até das Hispanias!

26 – Daniel Ricciardo – 0 pontos

É o futuro nos olhos da chefia da Red Bull, é candidato à uma vaga na Toro Rosso, mas a turma dos energéticos resolveu dar quilometragem ao australiano que vai aos poucos pegando o jeito, mesmo que com a carroça.

27 – Karun Chandhock – 0 pontos

Correu na Alemanha e tomou volta de todos os competidores. deve voltar em sua terra natal com a grana para correr. Uma temeridade.

O futuro da F1 parece cheia de pilotos pagantes, o que é a realidade. O nível está abaixo do que poderia se imaginar. Mas tomara que a turma se saia melhor daqui pra frente.

Publicado em agosto 18, 2011, em Automobilismo, F1 e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 41 Comentários.

  1. Piloto pagante é certeza de uma F1 falida. Não dá para tapar o sol com a peneira. A categoria top deveria ter somente os melhores pilotos. Uma lástima. Tem que se continuar buscando redução de custos para a categoria mesmo, doa a quem doer, principalmente a estrebaria que sempre se manteve na frente pelo abusurdo gasto toda temporada. Continuo pleiteando um jogo de pneus por fim de semana. Quantos borracheiros não perderiam o emprego na F1, contribuindo para a redução de custos e minimizando as trapaças da ferrada qdo o filipe basta chega aos boxes. Essa geleinha da pirelli é extremamente poluente e cara.
    Para continuar tendo os famosos pit stops poderia voltar a usar tanques pequenos que obrigassem a reabastecer umas duas vezes em cada corrida. Abastecimento manual, na gravidade, com gargalo padrão; nada daquelas máquinas pressurizadas.

    • Peraí, esse negocio de piloto pagante não é o problema, afinal Niki Lauda foi piloto pagante e Tricampeão Mundial, o problema está na qualidade mesmo, tem muito piloto aí que ganha tudo nas categorias menores e depois não faz nada, e tem muitas equipes de qualidade duvidosa na F1, e isso não é de agora foi sempre assim, e sempre vai ser, e quanto aos gastos, eu sou daqueles que acha que a F1 nao deveria cortar gastos, pois o que acaba sobrando desse dinheiro vai parar na mão do Tio Bernie, então não tem logica, a Ferrari sempre torrou milhões e mesmo assim ficou quase 20 anos sem ganhar nada, o que falta para pilotos e equipes é uma coisa chamada “competência”!!!

      • Veja abaixo: Se a Michelin pode equipar uma ferrari que pesa 1.6 toneladas e que anda a mais de 340 Km/h e ainda dura mais de 40.000 Km (claro que depende da tocada) então a F1 poderia sim economizar este dinheirão com os chicletes da pirelli, além da contribuição ao meio ambiente, por não deixar aquelas toneladas de detritos na pista após um mero GPzinho de fds.
        P Berne é outro assunto. Ele sozinho põe no bolso o PR inteiro do Brasil.
        ***********************************************************************************
        Categoria: Automobilismo
        Pneu da Michelin considerado mais rápido do mundo é escolhido para equipar a Ferrari FF

        31/03/2011
        REDAçãO MEUCARRONOVO

        Foto: Divulgação
        A Michelin foi eleita pela montadora italiana para equipar a nova Ferrari FF, primeira Ferrari com quatro rodas motoras e transmissão integral. Comercializado desde o início de 2011, O MICHELIN Pilot Super Sport foi considerado o pneu de série mais rápido do mundo em circuito.

        A missão traçada pela marca é proporcionar o prazer de dirigir com segurança máxima, mesmo em condições extremas. Os avanços tecnológicos realizados pela Michelin permitiram uma série ininterrupta de 13 vitórias no circuito das 24 Horas de Le Mans. A Michelin associou ao pneu, três tecnologias para aumentar a estabilidade, a frenagem e, assim, ir mais longe em termos de segurança.

        Redação MeuCarroNovo

        • Cara,

          Agora você viajou !!!
          Não tem como comparar carro de competição com carro de rua… É o mesmo argumento daqueles caras metidos a peladeiros que vêem um cara perder um gol e falam… “Esse até eu fazia !!!”…
          Futebol profissional não tem nada haver com pelada depois do churrascão de domingo !!!!
          Assim como pneu de rua não tem comparação com pneu de competição… São totalmente diferentes em construção, tamanho, borracha, conceito…

          • Eu sei que tem diferenças enormes de um pneu de rua para um de competição. Mas se todos forem iguais, o braço reaparece como o divisor de águas. Eu já corri com pneu radial lixado para reduzir a banda de rodagem, qdo não existiam slic no Brasil (mas não é isso que estou sugerindo não). Apenas que ao invés de desenvolver um pneu de F1 para 8 voltas, que se desenvolva para 120 voltas, usando todos os parâmetros utilizados atualmente, exceto a maciez da borracha. Tb sei que um pneu de competição qdo é aquecido em uma corrida e depois volta a ser reaproveitado não apresenta a mesma performance, mas aí dá pra negociar alguma coisa. Mas somente 8 voltas??? É um contrasenso no mundo atual. E olha que a pirelli está sugerindo a volta dos pneus de treinos, aqueles de 3 voltas para a disputa da pole. Qtos pontos vale uma pole? Vejamos: 88 pneus vão pro espaço na Q1 em apenas 3 voltas; 60 na Q2 e mais 40 na Q1. Isto é uma vergonha (thanks Boris Casoi).

          • Por isso que no post do politicamente correta… Eu disse que vivemos o Paradoxo da Hipocresia (o meu post esta saindo… Clama !!! :mrgreen:)… Os caras malham a F1… Falam do consumo de pneus, do combustivel, do custo desnecessário… Mas ninguem abre mão de torrar combustível com seu próprio carro, cada vez mais compramos eletro eletrônicos desnecessário… É comoputador, note, netbook, ipad, iphone, tv de led, de plasma… E dá lhe derrubada de floresta para fazer lago de hidrelétrica ou para virar carvão… Tudo para virar “óleo” para mover a maquina !!!! (Tks Titãs)

    • Sydnei,

      A F1 sempre teve pilotos pagantes… Faz parte da categoria !!!!
      O Piquet sempre disse que correu praticamente de graça até ganhar seu segundo título mundial… O Schumacher entrou na categoria graças a Mercedes que pagou 120 mil doletas para uma semana de testes na Jordam e mais 250 pelas corridas restantes na temporada de 91… E depois pagou 300 mil por uma única corrida na Benetton… Lauda individou a familia com emprestimos em bancos para comprar vagas na F3, F2 e F1… Até o Alonsito é piloto pagante, pois a Telefonica comprou uma vaga pra ele na Minardi e banco Espanhol só trocu a McLaren pela Ferrari por causa dele…
      No fim da decada de 80 e começo de 90… Equipes como Wolf, Andrea Moda, Jordan, Forti Corse, Coloni, Dallara… Chegavam a ter 6 ou 7 pilotos numa única temporada…
      Quanto a redução de custos do jeito que é feita hoje… penso que é uma grande bobagem, pois categoria top não pode ser tão limitada… Tem que liberar testes, tecnologia… As equipes tem que ter liberdade de inovar, de inventar… Pensoo que a volta do reabastecimento é um grande retrocesso !!!!

      Abraços,

      • Qdo estes mitos aí de cima pagaram pra corrrer nada na F1 era “tão “profi como agora. Os bons pagavam sim, mas uma ninharia, por idealismo e por saberem ter talento para tanto. Agora não. Tem príncipes, mafiosos, rockeiros e outros abonados que fazem da F1 uma badalação particular. Estes atrapalham a categoria máxima do automobilismo mundial.
        Qto ao reabastecimento não vejo retrocesso e sim segurança por se andar menos “encharcado” e tb teríamos carros mais curtos, leves, equilibrados e constantes ao longo da “carrera”.
        Qto aos testes, concordo com a necessidade deles e discordo veementemente da intromissão da FIA banindo tudo que aparece de novo a cada ano.
        E só pra contrariar, sou a favor da asa móvel. Ela resolve o problema de quase todos os tilkódromos.

        • 300 mil doletas por uma única corrida é ninharia ???
          A Telefonica despejou US$ 5 mi na conta da Minardi para colocar o Alonsito por lá… E o Satander desenbolsa 40 mi na Ferrari pelo Espanhol…
          Com relação ao meio ambiente… Penso que a queima de gasolina é muito mais prejudicial que os pneus gastos e com reabastecimento liberado o consumo seria muito maior !!!

        • Eduardo Casola Filho

          Vale lembrar que não há o desperdício dos pneus. Os jogos usados em fins de semana são triturados e usados na construção de asfalto. A visita do Ico na fábrica da Pirelli elucidará melhor a situação.

      • Caraca Te! Falar que o Don Alonsito das Falcatruas é piloto pagante pq é patrocinado pelo Satãder é estar de brincadeira comigo.
        Com relação a consumo de combustível (poderia ser etanol) é ainda impossível ter corridas sem eles, mas pneu tem como economizar.
        A F1 term que ser top, concordo, mas mts partes em fibra de carbono poderiam ser de fibra de vidro para reduzir as cifras, como asas, ailerons, aerofólios, carenagem, etc…Em que isso diminuiria a competitividade da barata?

  2. O problema dos pilotos pagantes e’ sim um problemasso.

    Se o cara e’ bom, ta’ fu-fu…Nao devera’ conseguir um cockpit pra correr pq nao tem grana?

    E’ o fim do mundo como o conhecemos…

  3. Alguns de nossos visitantes:
    Quinta, Agosto 18 @ 10:21 : Los Angeles, California, US (esse sou eu)
    Quinta, Agosto 18 @ 9:44 : Belo Horizonte, BR
    Quinta, Agosto 18 @ 9:27 : Rio De Janeiro, BR
    Quinta, Agosto 18 @ 9:17 : Germany, DE
    Quinta, Agosto 18 @ 8:46 : Teresina, BR
    Quinta, Agosto 18 @ 8:37 : Brasília, BR
    Quinta, Agosto 18 @ 8:36 : Englewood Cliffs, New Jersey, US
    Quinta, Agosto 18 @ 7:55 : Caxias Do Sul, BR
    Quinta, Agosto 18 @ 7:55 : Iracemápolis, BR
    Quinta, Agosto 18 @ 7:50 : Mountain View, California, US
    Quinta, Agosto 18 @ 7:47 : Campinas, BR

    Quem é de Englewood Cliffs, New Jersey, US?
    Quem é de Iracemápolis, BR?
    😀

  4. ei, tem outro californiano na parada…

    Quem é de Mountain View, California, US?

  5. Excrusiva:
    http://colunistas.ig.com.br/victormartins/2011/08/16/novos-boxes/

    Será que Interlagos vai passar por uma reforma a-lá Silverstone,ou será um adeus do País Tropical do Calendário da F1

  6. O que aconteceria se… O Superman tivesse avançado no tempo, em vez de retroceder naquele filme de 1978?

  7. E vamos as efeméride musical de hoje… Afinal é aniversário de Andi Deris, vocalista do Helloween, banda alemã precursora do Power metal…

    Esse vale pelas loiras dos sax´s e pela(s) enfermeira(s)…:mrgreen:

  8. Já que gostam de musica boa segue;

  9. Senna Simply The Best

    Sexta, Agosto 19 @ 8:37 : Varginha MG

  10. Esse deve ser o Zé Bedeu

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: