Algumas coisas mudam, outras não!


Por Eduardo Casola Filho

Not bad for a number two driver again

Chegamos a Silverstone, com as mudanças de regulamento aparecendo e com a chuva dando ar da graça em alguns momentos do treino. No fim o grid de largada tem surpresas da terceira fila para trás, mas na frente, o clima de “dejà vu” era o mesmo.

Mesmo sem os difusores sopradores, a Red Bull ainda dá as cartas. Mas desta vez é Mark Webber que larga na frente. O australiano mostra que se entende com a pista reformada da Grã-Bretanha. Andou o tempo inteiro na frente de Sebastian Vettel e conseguiu uma importante pole position, para mostrar que dá no coro por um bom tempo. Só falta fazer isto em corrida.

E outro piloto que andou bem o fim de semana inteiro, mas neste caso não conseguiu o que queria foi Felipe Massa. O brasileiro foi bem nas duas primeiras partes, mas não acertou no Q3 e com a chuva no fim do treino acabou em quarto. Um bom resultado pelo tempo que fez, mas ainda atrás de Fernando Alonso. Será que um dia ele consegue? Já passou da hora dele ter um resultado positivo.

Mesmo assim a Ferrari mostra uma boa perspectiva com os dois pilotos, onde já mostram uma evolução e são oficialmente a segunda força do grid, enquanto a McLaren desce a ladeira. Button em 5º foi o máximo que dava, já Lewis Hamilton foi o pior no Q3, sendo 0o décimo no grid, vai ter que remar bastante para tentar um resultado que agrade a torcida inglesa.

Mesmo assim, os britânicos tem um motivo para celebrar. O bom desempenho de Paul di Resta, sendo o primeiro da turma do resto, largando em sexto, dando esperanças de uma atuação na terra da Rainha. E na quarta fila outras duas agradáveis surpresas: Pastor Maldonado em sétimo e Kamui Kobayashi em oitavo. Apesar de muita gente achar a dupla estabanada, os dois estão evoluindo cada vez mais. O japa toda a FUFA já compreende, mas o venezuelano tem feito boas classificações, só faltando um pouco de sorte nas corridas para poder pontuar, mas não está destruindo carros, como se esperava, ao contrário, tem aparecido com constância e andado na frete de Barrichello regularmente. Hora de prestar mais atenção nestes três.

Para fechar a turma do top ten, Nico Rosberg, nono colocado, colocando tempo em Michael Schumacher de novo. A Mercedes voltou a sua fase da abóbora, restando brigar com Sauber, Force India, Williams e Renault-Lotus, esta última vem despencando cada vez mais. Petrov 14º e Heidfeld em 16º bem longe do Q3, mostrando que a escuderia caminha a passos largos rumo ao abismo. Rubinho larga entre eles, contando os dias em que terá um motor Renault no seu bólido, torcendo para dias melhores.

No fundão, Kovaleinen conseguiu um belo resultado, colocando sua Lotus no Q2. Teve sorte quando a chuva veio na hora certa do Q1, conseguindo desbancar as duas Toro Rosso. Para sorte da dupla Buemi-Alguersuari, Daniel Ricciardo (que se lê Ricardo mesmo, segundo o próprio) fecha a raia tomando 6 décimos de Liuzzi. O batismo de fogo do australiano não foi muito bom. Desempenho aquém do esperado para o departamento 1B da turma dos energéticos.

Para amanhã, a previsão do tempo não indica que termos a chuva, apenas com 20% de probabilidade, mas mesmo que ela não venha, que a corrida seja interessante, pelo grid, aposto que Vettel e Hamilton virão babando e aí as coisas podem sair do normal. Que assim seja!

1. Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) – 1m30s399
2. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) – 1m30s431
3. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1m30s516
4. Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1m31s124
5. Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) – 1m31s898
6. Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) – 1m31s929
7. Pastor Maldonado (VEN/Williams-Cosworth) – 1m31s933
8. Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) – 1m32s128
9. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1m32s209
10. Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) – 1m32s376
11. Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) – 1m32s617
12. Sergio Pérez (MEX/Sauber- Ferrari) – 1m32s624
13. Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – 1m32s656
14. Vitaly Petrov (RUS/Renault-Lotus) – 1m32s734
15. Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth) – 1m33s119
16. Nick Heidfeld (ALE/Renault-Lotus) – 1m33s805
17. Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Renault) – 1m34s821
18. Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso-Ferrari) – 1m35s245
19. Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso-Ferrari) – 1m35s749
20. Timo Glock (ALE/Virgin-Cosworth) – 1m36s203
21. Jarno Trulli (ITA/Lotus-Renault) – 1m36s456
22. Jerome D’Ambrosio (BEL/Virgin-Cosworth – 1m37s154
23. Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania-Cosworth) – 1m37s484
25. Daniel Ricciardo (AUS/Hispania-Cosworth) – 1m38s059

Publicado em julho 9, 2011, em Automobilismo, F1 e marcado como , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 4 Comentários.

  1. Eu acho que o massa se Fu por causa da chuva no fim… O treino ia ser muuuito mais interessante sem a chuva do fim…

    Mas, o que importa é a corrida.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: